HOME              SOBRE              ANUNCIE              CONTATO

Fomos convidados pelo capixaba Armando, do Blog do Solteirão, a participar de um meme. A princípio a idéia pareceu meio estranha, principalmente pelo fato de que nós não fazíamos a mínima idéia do que fosse um meme. Santa Wikipédia.

Apesar de toda a complexidade conceitual do termo, no caso um meme viria a ser tão somente um tema em comum a ser discutido em diferentes blogs. E a bola levantada foi: “As 5 invenções mais importantes”. Partindo daí, cada blogueiro faria o seu top 5 (pronuncia-se “tópi-fáive”) segundo os critérios que bem entendesse. O Armando, por exemplo, falou das invenções mais relevantes na vida de quem mora sozinho.

Como o TRETA não pode ver uma micareta que já vai vestindo o abadá, entramos na onda e trazemos abaixo As Cinco Invenções Mais Importantes do Universo em Todos os Tempos na Perspectiva do TRETA. Nossa falta de critério foi estabelecer quais seriam as invenções mais importantes e revolucionárias na vida de um autêntico seguidor da filosofia TRETA de vida, sem cair em velhos chavões, como o clipe de papel e a vodca ABSOLUT™, que afinal de contas são invenções hours concours (pronuncia-se “ó com o cú”).

Sem mais delongas, eis nossa lista:

5º lugar: Massageador de Cabeça
O massageador de cabeça, também conhecido pela alcunha de orgasmotron, é um utensílio indispensável para a vida-mansa moderna. Verdadeira revolução no ramo da auto-fisioterapia, podemos dizer que o orgasmotron está para a massagem tailandesa assim como a masturbação está para o sexo. A vantagem é que o orgasmotron não é exclusivo para o uso individual e egoísta, sendo também muito recomendado para a massagem tailandesa a dois. E para o sexo.

Dica: Experimente levar um para a próxima rave.

Como conseguir um: À venda por míseros 10 beréus no Mundo Verde.

4º lugar: Dichavador
O dichavador, também conhecido como desbelotador, triturador, pokebola, ou simplesmente bolinha, é um prático utensílio doméstico que tem por função, digamos… agilizar o processo. Espécie de “socador-de-alho rastafari”, o desbelotador é uma mão na roda para não-simpatizantes a trabalhos manuais e preguiçosos em geral. Ideal para utilização em conjunto com a técnica do cartão, que infelizmente não conseguiu entrar para o nosso top 5 porque ficou em sexto lugar.

Dica: Desconhecido dos mais distraídos, a bolinha possui um malemolente compartimento secreto para guardar orégano.

Como conseguir um: À venda por 20 beréus na Revistaria e Tabacaria Cultural XYZ do shopping mais próximo. Ou pela internet.

3º lugar: Caixa de Som
A caixa de som é provavelmente um dos itens mais óbvios desta lista, mas ainda assim não poderia ficar de fora. Basicamente, a caixa de som se faz necessária em todo e qualquer evento festivo, de um simples aniversário de criança a um mega-festival de música eletrônica. Imaginem quão desconfortável seria o mundo moderno sem essa maravilhosa invenção. Somente pessoas de alto poder aquisitivo poderiam se dar ao luxo de ouvir música em casa, contratando músicos residentes para levar aquele som na sala de estar durante o dia. Ou, ainda, pensem no trabalho que daria sincronizar os iPods e mp3 players de todas as pessoas que fossem a uma boate, rave ou micareta, sem o som uniforme e auto-falante dos auto-falantes.

Dica: Jamais tente entrar numa caixa de som numa rave sem estar calçando um par de chinelos com o solado de borracha apropriado.

Como conseguir uma: À venda por muitos reais nas melhores lojas do ramo.

2º lugar: Benjamin
O benjamin (ou benjamim), vulgarmente conhecido como “T“, é o ícone maior da gambiarra lifestyle brasileira. Simples e genial, o pequeno utensílio tem por objetivo permitir a passagem de corrente elétrica através de três tomadas no espaço em que oficialmente deveria caber apenas uma. Os puritanos certamente irão esbravejar que o uso do benjamin pode prejudicar a vida útil de instalações e aparelhos elétricos, mas o que está em questão aqui é o milagre da multiplicação que o magnífico objeto proporciona. Democracia fácil e sem chorumelas na forma singela de plástico e metal. E, numa análise ainda mais profunda, pode-se dizer que o benjamin é a versão 3D da logomarca do TRETA. Mais web 2.0, impossível.

Dica: Pessoas que dominam a arte da gambiarra podem tentar construir benjamins múltiplos, para mais de três tomadas. Mais de trinta, inclusive. Contudo, não tente fazer isso em casa apenas juntando vários benjamins convencionais. Não sem antes chamar a gente pra filmar a experiência.

Como conseguir um: À venda por R$ 2,75 na Casa Útil.

src="http://www.norock.com.br/treta/linha_tomada2.jpg" />

1º lugar: Isqueiro
O isqueiro é uma invenção tão importante que possui seu próprio verbete na Wikipédia, com explicações técnicas sobre seus mecanismos internos e origem histórica. Particularmente, considero esta a invenção mais importante de toda a civilização humana pelo simples motivo de eu nunca ter conseguido produzir uma mísera faísca de fogo atritando duas pedras – ou dois gravetos – como faziam os antigos neandertais e como fazem os náufragos na ficção. Inspirador de canções clássicas da história da música, como Light My Fire, dos Doors, e pretexto para cantadas infames do tipo: “Tem fogo?”, o isqueiro faz parte do universo lúdico atemporal e ageográfico (acabei de inventar essa palavra) do planeta. E, além do mais, todo cigarro aceso com fósforos fica com gosto de Derby Vermelho.

Dica: Engenheiros de visão poderiam pensar em projetar aparelhos celulares que, além de fazer ligações, tirar fotos, transmitir dados e tocar mp3, tivessem uma função verdadeiramente útil: isqueiro. Não esqueça de enviar pra gente um pequeno percentual dos direitos sobre a patente da idéia.

Como conseguir um: À venda em qualquer esquina, de drogarias a tabacarias. Os preços variam tanto quanto a qualidade e durabilidade de cada tipo de isqueiro. Evite os mais baratos que R$ 1,00.

0º (zerésimo) lugar: Cerveja
Não resistimos à tentação de quebrar algumas regras e fazer um top 5 de 6 itens. E a causa é nobre. Apesar de extremamente óbvia em qualquer lista que mencione a palavra “importante”, a cerveja, também chamada de cerva, gelada, breja, gelo, loira, chope, querosene, ou simplesmente uma (p.ex. em “Vamos tomar uma?”), pode ser considerada a única religião monoteísta do mundo em que o dízimo é tributado pelo fisco oficial. Razão de nosso existir, combustível de nossas vidas, raio de sol das nossas manhãs, a breja-nossa-de-cada-dia sempre estará no topo de qualquer lista. A não ser nas de ordem decrescente, como esta.

Dica: Dependendo do seu orçamento mensal, é possível utilizar a cerveja para fins não-ortodoxos, como escovar os dentes ou tomar banho.

Como conseguir uma: Se você ainda não sabe, deveria estar em outro site.

Então é isso. Discordem ou não do grau de importância das invenções que escolhemos, certamente você não saberia viver sem elas. A não ser que prefira viver tenso, sujando as mãos, em silêncio, utilizando apenas um plugue por tomada, fazendo fogo com gravetos e bebendo guaraná Dolly.

E quais são as invenções mais importantes na sua opinião? Se você tem um blog ou fotolog (por que não?), participe desse meme você também! Desde já, deixo intimados todos os blogueiros capixabas a se manifestarem sobre o tema. Aqueles que publicarem sua lista e nos avisarem receberão a devida publicidade aqui no TRETA, claro.

Rafa, Mazzei, Haeckel, Gecko, Jot, Serginho… vão encarar?