Cabresto_Cavalos

O resultado percebido das urnas no último dia 3 de outubro é uma prova concreta de que as informações ainda não estão chegando da forma mais apropriada para boa parte do eleitorado brasileiro.

Apesar do relativo sucesso da Lei Ficha-Limpa e do uso de ferramentas de comunicação cada vez mais democráticas para contrabalancear uma imprensa cor-de-bosta, novamente grandecíssimos filhos de umas políticas coloniais ardilosas lograram êxito no último pleito e vão continuar gargalhando de nossas caras.

O justiceiro Victor Sousa, do site Erro 500, tratou de blacklistar alguns por conta própria:

 

ALEXANDRE CARDOSO (PSB)
Estado: Rio de Janeiro
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 142.714 votos – 8º
Pela quinta vez seguida, será Deputado Federal pelo Rio de Janeiro. No seu último mandato, desde 2007, ele enviou incríveis ZERO projetos para votação na Câmara. Não acredita? Clique aqui ou aqui.

 

ANTHONY GAROTINHO (PR)
Estado: Rio de Janeiro
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 694.862 votos – 1º
Foi o deputado federal mais votado no Estado e o segundo no Brasil. O legal é saber que o TRE-RJ o tornou inelegível por uso indevido de meio de comunicação em 2008, e mesmo assim ele conseguiu concorrer amparado à uma liminar. Seu caso ainda será julgado pelo TSE. Fonte.

 

BENEDITO DE LIRA (PP)
Estado: Alagoas
Cargo: Senador
Eleito com: 904.435 votos – 1º
Com três mandatos de Deputado Federal, por três partidos diferentes, também conseguiu a proeza de enviar NENHUM projeto para votação durante o seu último mandato. Não acredita? Clique aqui ou aqui.

 

JOSÉ ANIBAL (PSDB)
Estado:
São Paulo
Cargo: Deputado Federal
Eleito com:
170.949 votos – 19º
Durante o seu 4º mandato como Deputado Federal, o excelentíssimo Sr. José Aníbal, esteve presente em apenas 14 das 59 sessões de votação em 2010, segundo dados do site Congresso Em Foco. Fonte.

 

NICE LOBÃO (DEM)
Estado: Maranhão
Cargo: Deputado Federal
Eleita com: 95.129 votos – 8º
Essa é campeã! Já possui 3 mandatos como Deputada Federal, e nesse seu último mandato, tem a incrível marca de 57,1% de ausências justificadas em sessões deliberativas, ou seja, 230 dias. Fonte.

 

JOÃO CARLOS BACELAR (PR)
Estado: Bahia
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 75.327 votos – 23º
Esse levou a sério o termo "Ano de Eleição". Em seu 1º mandato como Deputado Federal, simplesmente não enviou NENHUM projeto de lei ou sequer um pedido de alguma coisa ao Congresso esse ano. Fonte.

 

ALEXANDRE SILVEIRA (PPS)
Estado: Minas Gerais
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 199.418 votos – 5º
O excelentíssimo Alexandre Silveira, que foi reeleito com um número expressivo de votos, em seu primeiro mandato como deputado federal, conseguiu a importante marca de 41 faltas em 62 sessões esse ano. Fonte.

O próprio Victor lembra que estes são apenas alguns exemplos pesquisados. Quem tiver informações de novos bonitões pra lista deixe um comentário aqui ou no artigo original.

– – –

Dica do portal de entretenimento espiritual Ocioso.

Comentários

  1. Aqui em Brasilia, o deputado Aylton Gomes está envolvido no escandaloso político “caixa de pandora” com Arruda, acusado de receber propina milhardaria, foi eleito novamente.

  2. Jerônimo Italiano disse:

    Aí você fala de políticos que faltam e não criam projetos (com excessão do garotinho, que é um bandido declarado).
    Aqui na paraíba temos o nosso ‘garotinho’.
    Wellington Roberto (PR-PB). Ele foi envolvido na máfia dos sanguessugas (do então ministro josé serra), além de acusado de lavagem de dinheiro, nepotismo, falsidade ideológica e crime contra o sistema financeiro nacional.
    As informações podem ser confirmadas no site do Transparência Brasil: http://www.excelencias.org.br/@candidato.php?id=1007&cs=1&uf=16&pt=-1

  3. Jerônimo Italiano disse:

    Temos tambem o senador Cícero Lucena que tem uma lista de processos de dar inveja a qualquer bandido. É acusado por exemplo de desviar em torno de 100 milhões de reais quando foi prefeito de joão pessoa.
    Veja mais no site do transparencia brasil: http://www.excelencias.org.br/@candidato.php?id=4155&cs=2&pt=-1

  4. jonas silveira disse:

    No rio grande do sul tem o sérgio moraes, que foi o deputado que falou que “está se lixando para a opinião pública”, ele mandou uma dessas ao vivo e foi eleito.

    Parece que a opinião pública e o eleitorado são coisas diferentes.

  5. Victor disse:

    Esse blog imprensa Marrom que você linkou é muito estranho.
    O cara fez o blog com uma intenção bacana, de fazer um contraponto à imprensa parcial, mostrando o outro lado das grandes notícias, derepente ele virou reacionário subversivo, transformou o blog em uma fonte de boataria e ataque a certos partidos. Ou seja, alinhou-se bonitinho com a imprensa que um dia ele chamou de marrom.
    Fora que ele tem uns 500 blog diferente, fica copiando o modelo de outros blogs de sucesso para ver se emplaca algum. E se diz amigão de grandes probloggers, com contatos importantes que ele só conhece virtualmente e tomou o cuidado de “esbarrar” ocasionalmente pelos cantos da blogosfera.

  6. Li-San~~ =] disse:

    Em Minas gerais elegeram Milton Cardoso e Leonardo Quintão…. dois safados!

  7. Leonardo disse:

    O Alexandre Cardoso assmuiu a Secretaria de Ciência e Tecnologia em 2008 a 2010,por isso teve que se desvincular do mandato de deputado, mas através dele tivemos o Rio Estado Digital, Orla Digital, Rocinha Digital, Santa Marta Digital, Museu da Ciência e Vida em Caxias, Baixada digital, aumento as verbas da FAPERJ, transformou a FAETEC, foram diversos projetos visíveis. Acho que antes de questionarmos qualquer parlamentar, temos que saber com veracidade essas informações antes de postá-las neste renomado blog. um grande abraço,

  8. ares disse:

    todo castigo pra corno é pouco !!!

  9. Nota-se que a nobre Deputada Nice Lobão (DEM) é irmã do Fofão

  10. Prezado Victor (e leitores do blog, que tiveram acesso às ofensas publicadas),

    Vamos ao que você disse:

    “Esse blog imprensa Marrom que você linkou é muito estranho. O cara fez o blog com uma intenção bacana, de fazer um contraponto à imprensa parcial, mostrando o outro lado das grandes notícias, derepente ele virou reacionário subversivo, transformou o blog em uma fonte de boataria e ataque a certos partidos.”

    O blog foi criado em 2001. Não sei quantos outros existem desde então, mas creio que já faz um tempo. Desde sua fundação, a idéia era falar da imprensa, de política etc. e, como sói, tudo mudou.

    O PT, por exemplo, era um pouco menos apegado à corrupção. Não fui eu que mudei, foi o partido do qual eu gostava e no qual predominantemente votava que se meteu em milhares de escândalos. Desculpe, não dá para ficar defendendo cegamente.

    Eu o desafio a trazer aqui ao menos um “boato” lançado por mim. Se não o fizer, lamento, isso incorrerá em calúnia. Como não tenho sua identificação para o devido processo legal e para que se manifeste perante o Poder Judiciário, farei da única forma cabível, já que sua opinião foi aqui expressa. Depois, por favor, não quero que ninguém diga que eu estou abusando. Fui vítima do dano moral e do crime contra a honra, estou usando minha prerrogativa legal cabível. Sigamos.

    “Ou seja, alinhou-se bonitinho com a imprensa que um dia ele chamou de marrom.”

    Aqui você me acusa de “cooptação”. Terá que provar. Terá oportunidade de fazer isso em juízo, novamente. Espero, de fato, que consiga ser identificado.

    “Fora que ele tem uns 500 blog diferente, fica copiando o modelo de outros blogs de sucesso para ver se emplaca algum.”

    Plágio? É disso que me acusa? Caramba! Ok, mais uma para a lista das acusações, já vi que será um processo e tanto. Mas, ok, sou advogado, não sou menino e não estou aqui para engolir desaforo, insulto e tolerar crime contra a honra por parte de quem não aceita opinião política contrária.

    “E se diz amigão de grandes probloggers, com contatos importantes que ele só conhece virtualmente e tomou o cuidado de “esbarrar” ocasionalmente pelos cantos da blogosfera.”

    Juro que essa parte não entendi. Odeio essa coisa de blogosfera e conto nos dedos aqueles de quem digo que sou “amigo”, até por vergonha e certo acanhamento. Não vou para evento algum, apesar de convidado e acho cafona isso tudo.

    Mas, ok. Um abraço para você. Espero, de verdade, que consiga ser localizado pelos responsáveis pela publicação de seu comentário.

    Um abraço a todos.

  11. xupisko disse:

    o pior é que tem muito trouxa que ainda vota nesses vagabundos

  12. jonas silveira disse:

    Ao nobre Gravataí merengue, que demonstra “amplo” saber jurídico, gostaría de dizer que conviver com as criticas é muito importante para o crescimento do ser humano…

    Em tempo, crítica é diferente de calúnia; não vi base para alegar dano moral ou ainda menos contra a honra.

    A frase “alinhou-se…”, descontextualizada, não é bastante para demonstrar a ocorrência da acusação a qual você se refere, e você provavelmente sabe que dizer que alguém aproximou suas idéias das de outras pessoas, sem mencionar nenhum caráter ilícito, não quer dizer coisa alguma.

    Por fim, você não foi acusado de plágio, victor criticou você por copiar o modelo de outros blogs, no sentido de criar blogs com um mesmo formato ou sentido, não no sentido de criar um blog igual, ferindo a propriedade intelectual dos demais blogueiros. (isso se for possível enquadrar um modelo-formato de blog como bem intelectual).

    Aconselho o colega a relaxar, visto que duvido muito que 100% das pessoas gostem do seu trabalho, e você está fadado a encontrar bem mais aqueles que menos gostam.

    E outra… encontrar um computador responsável pelo envio de um comentário é possível, mas gostaria de ver o colega provar qual foi a pessoa responsável por escrevê-lo…

  13. Candidatos que NÃO DEVERIAM, mas FORAM.

    Este tipo de informação DEVE informar ANTES da eleição e não DEPOIS.

    Agora temos (eu não pq não votei em nenhum deles pois pesquisei antes de votar) que aguentar cada um desses mother fuckers.

    Oxalá que um dia os brasileiros pesquisem ANTES de votar. Oxalá!

    Marcus, o Criativo puto da vida!

  14. Alexandre Silveira é daq de ipatinga kkkkk
    q tenso

  15. Olá, Jonas.

    São três os ataques feitos a mim, você convenientemente apenas respondeu a dois, deixou de lado a parte dos “boatos”, imputada de forma falsa à minha pessoa. Como responderia a isso? Acho que não há meio, não é?

    E as outras duas respostas foram, desculpe, insuficientes. Vejamos:

    “A frase “alinhou-se…”, descontextualizada, não é bastante para demonstrar a ocorrência da acusação a qual você se refere, e você provavelmente sabe que dizer que alguém aproximou suas idéias das de outras pessoas, sem mencionar nenhum caráter ilícito, não quer dizer coisa alguma.”

    O “alinhou-se” não estava descontextualizado, muito ao contrário, veio na seqüência da acusação dos boatos. Boato é crime. Trata-se de imputação ilícita. Houve acusação, há o dano. Se você não vê o liame, tudo bem, o Judiciário apreciará o caso. Convenientemente, repito, você não analisou a acusação anterior, dos “boatos”. Peço que reveja sua posição à luz dessa acusação, que é o centro de tudo.

    “Por fim, você não foi acusado de plágio, victor criticou você por copiar o modelo de outros blogs, no sentido de criar blogs com um mesmo formato ou sentido, não no sentido de criar um blog igual, ferindo a propriedade intelectual dos demais blogueiros. (isso se for possível enquadrar um modelo-formato de blog como bem intelectual).”

    Sim, o modelo é propriedade intelectual, mas a acusação mentirosa não consiste nisso, mas no fato de “criar vários blogs”. Quais são os vários? Quais foram as “imitações”? Tudo isso, na seqüência acusatória, cria uma imagem negativa e perpetra o dano na medida em que: a) é acusação falsa; b) configura atitude negativa; c) trata o acusado (eu) como alguém que copia formato/idéia/criação alheia.

    Não fiz nada disso e desafio ele ou vc (que aparentemente endossou isso) a trazer a público qualquer “imitação” de formato ou conteúdo, ora. Simplesmente isso nunca houve. Nessa parte do comentário, portanto, há subsídio para a ação civil.

    Há um outro trecho interessante, de sua lavra, sugerindo lidar com críticas. Poxa! Basta acessar os blogs e ver que parte razoável dos comentários são de gente efetivamente XINGANDO. Publico, comento por cima, e a vida segue.

    O que não posso tolerar é aquilo que ULTRAPASSA da crítica (no sentido de “análise”) e entra em outras esferas. Tenho relativa experiência com as leis para saber quando algo sai desse campo e passa a ser pura e simples (ou não exatamente simples, mas prejudicial e inaceitável) acusação incabível.

    Ah, sim, vc diz o seguinte:

    “E outra… encontrar um computador responsável pelo envio de um comentário é possível, mas gostaria de ver o colega provar qual foi a pessoa responsável por escrevê-lo…”

    Provar quem foi a pessoa, de fato, não é exatamente responsabilidade minha. Procure com cuidado os julgados sobre isso e verá que, à vítima do dano, cabe levar ao judiciário a prova de que sofreu a ofensa. Daí em diante há responsabilidades solidárias, subsidiárias etc.

    Fui, sim, vítima de uma ofensa. É isso que preciso provar em juízo. Tenho a prova de que houve isso. E há como estabelecer o nexo processual.

    Um abraço e obrigado pelo interesse na causa.

  16. Vinicius disse:

    Quem elege é o povo; quem se lasca é o povo!! nada mais justo né?!

  17. Ivo Neuman Ivo Neuman disse:

    Alguém me belisca?

  18. Victor disse:

    Ih Jonas, estou acostumado, o Gravataí tem essa mania de dar um “susto judicial” em quem não bate palma pra ele.

    E ele bem tem meu IP para processar se quiser, pois eu comento no blog dele frequentemente. e coisas com o mesmo teor que comentei aqui.

    Ele ta aqui levando tudo a sério, querendo explicação explícita para as chamadas “acusações” (sendo que eu generalizei tudo e ainda usei hipérboles) ao invés de apresentar um contraponto ou se explicar. Antes ele costumava abraçar suas causas, agora ele ataca se não gosta do que lê.

    Acho que como blogueiro ele tem que aprender: quem fala o que quer escuta o que não quer.

  19. kiddo disse:

    só esses ? e só porque faltaram ou não apresentaram projetos ? hahaha !!!
    tá faltando muuuita gente nesa pequena lista !!!
    se listarem os bandidos e os sabidamente ignorantes e desqualificados por vários motivos não há espaço aqui !

  20. julio da costa disse:

    Esqueceram do es ministro do meio ambiente , Carlos Minc , que sua adm no Ibama uma (M) pois 99,94% das multas viraram pizza e ainda promoveu uma denuncia falca de envio de lixo toxico contra UK , e participou da passeata da maconha para garantir votos de traficantes e viciados, esse e o tipo de politico que tem que ser banido, os politicos e essa imunidade parlamentar.