HOME        FAQ        EXPEDIENTE        ANUNCIE        CONTATO

Cabresto_Cavalos

O resultado percebido das urnas no último dia 3 de outubro é uma prova concreta de que as informações ainda não estão chegando da forma mais apropriada para boa parte do eleitorado brasileiro.

Apesar do relativo sucesso da Lei Ficha-Limpa e do uso de ferramentas de comunicação cada vez mais democráticas para contrabalancear uma imprensa cor-de-bosta, novamente grandecíssimos filhos de umas políticas coloniais ardilosas lograram êxito no último pleito e vão continuar gargalhando de nossas caras.

O justiceiro Victor Sousa, do site Erro 500, tratou de blacklistar alguns por conta própria:

 

ALEXANDRE CARDOSO (PSB)
Estado: Rio de Janeiro
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 142.714 votos – 8º
Pela quinta vez seguida, será Deputado Federal pelo Rio de Janeiro. No seu último mandato, desde 2007, ele enviou incríveis ZERO projetos para votação na Câmara. Não acredita? Clique aqui ou aqui.

 

ANTHONY GAROTINHO (PR)
Estado: Rio de Janeiro
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 694.862 votos – 1º
Foi o deputado federal mais votado no Estado e o segundo no Brasil. O legal é saber que o TRE-RJ o tornou inelegível por uso indevido de meio de comunicação em 2008, e mesmo assim ele conseguiu concorrer amparado à uma liminar. Seu caso ainda será julgado pelo TSE. Fonte.

 

BENEDITO DE LIRA (PP)
Estado: Alagoas
Cargo: Senador
Eleito com: 904.435 votos – 1º
Com três mandatos de Deputado Federal, por três partidos diferentes, também conseguiu a proeza de enviar NENHUM projeto para votação durante o seu último mandato. Não acredita? Clique aqui ou aqui.

 

JOSÉ ANIBAL (PSDB)
Estado:
São Paulo
Cargo: Deputado Federal
Eleito com:
170.949 votos – 19º
Durante o seu 4º mandato como Deputado Federal, o excelentíssimo Sr. José Aníbal, esteve presente em apenas 14 das 59 sessões de votação em 2010, segundo dados do site Congresso Em Foco. Fonte.

 

NICE LOBÃO (DEM)
Estado: Maranhão
Cargo: Deputado Federal
Eleita com: 95.129 votos – 8º
Essa é campeã! Já possui 3 mandatos como Deputada Federal, e nesse seu último mandato, tem a incrível marca de 57,1% de ausências justificadas em sessões deliberativas, ou seja, 230 dias. Fonte.

 

JOÃO CARLOS BACELAR (PR)
Estado: Bahia
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 75.327 votos – 23º
Esse levou a sério o termo "Ano de Eleição". Em seu 1º mandato como Deputado Federal, simplesmente não enviou NENHUM projeto de lei ou sequer um pedido de alguma coisa ao Congresso esse ano. Fonte.

 

ALEXANDRE SILVEIRA (PPS)
Estado: Minas Gerais
Cargo: Deputado Federal
Eleito com: 199.418 votos – 5º
O excelentíssimo Alexandre Silveira, que foi reeleito com um número expressivo de votos, em seu primeiro mandato como deputado federal, conseguiu a importante marca de 41 faltas em 62 sessões esse ano. Fonte.

O próprio Victor lembra que estes são apenas alguns exemplos pesquisados. Quem tiver informações de novos bonitões pra lista deixe um comentário aqui ou no artigo original.

- – -

Dica do portal de entretenimento espiritual Ocioso.