HOME              SOBRE              ANUNCIE              CONTATO

suicida-na-terceira-ponte

A imprensa local evita fazer qualquer menção ao tema para evitar que a prática se expanda ainda mais, mas é sabido que uma das principais modalidades esportivas do Espírito Santo é o Salto Ornamental Para a Morte do alto da Terceira Ponte, cartão postal da nossa capital.

Por motivos dos mais diversos, que vão de desentendimentos amorosos a congestionamentos rotineiros, muitos jovens capixabas recorrem ao suicídio clássico para retirarem suas próprias vidas, e – dizem que graças a uma tradição iniciada pelo imigrante pomerano Troll Shinneider – escolhem a hora do rush para dizer adeus a este mundo cruel do alto da via pública mais movimentada do estado, a 3ª ponte, que liga as cidades de Vitória e Vila Velha (ES).

Pensando nessas almas resignadas com o próprio fim, nossos conterrâneos do Bobolhando elaboraram este importante guia para suicidas capixabas, que reproduzimos abaixo:

suicida-capixaba

1. Atente para as zonas marcadas na foto:
Vermelha – você pode sobreviver mancando pro resto da vida, quebrar os joelhos ou torcer o tornozelo, ou, em último caso, ter uma unha do pé encravada;
Amarela – você pode sobreviver (em parte) e ainda participar como protagonista da próxima novela das oito;
Verde – você morre (seu objetivo é concluído).

2. Evite horários de pico: as pessoas que trafegam na ponte não tem nada a ver com sua dor de cotovelo.

3. Caso o horário de pico seja a única opção: vá de moto e estacione no acostamento para não atrapalhar os demais usuários da ponte.
 

A comunidade de pessoas que ainda não desistiram deste mundo agradece.

- – -

E caso mude de idéia, siga o Rogério Lima e o Allan Diego no Twitter.

<