Entra ano, sai ano, e a porcaria continua comendo solta:

– – –

Enviado pelo meliante André Luiz.

Sobre o autor

Ivo Neuman
Fundador

Fundador do TRETA e diretor de ginástica laboral do Não Salvo.

Comentários

  1. Resumindo o que aconteceu se você não fizer o que o policial acha que não é correto ele te prende mesmo não tendo esse direito, eles deveriam ensinar um pouco a respeito das Leis para os policias antes de colocarem eles nas ruas.

  2. Caras, me desculpem, mas isso é uma palhaçada. O cara falando de fascismo, ditadura, que os PMs tem que servir, quer fazer manifestação em cima de um orelhão e final do dia vai pra casa fumar um beck e sentir que seu papel de cidadão está feito.

    Sério? Liberdade é uma coisa, libertinagem é outra.

    Imagine alguém querendo fazer manifestação em cima do seu carro. Vc iria deixar numa boa?

    A necessidade de se formar um herói é tanta que acabam aparecendo figuras grotescas como esse tipo aí.

  3. Valber Vasconcelos Jr. disse:

    Ilusão pensar que vivemos em um país democrático. Enquanto houver políciais despreparados e sem o mínimo entendimento da constituição, continuaremos a presenciar esse tipo de ação desastrosa e que causa injúria em todos que lutam em prol do que acreditam, em prol da mudança. O rapaz falou coisas bastantes coerentes que os políciais obviamente não souberam como argumentar de forma persuasiva. Só porque estão fardados acham que são os donos do mundo. Lamentável ações como essa por parte da polícia.

  4. É isso que dá, não estuda vira Policial Militar e fica tão bravo!!!

  5. Duan Rodrigo disse:

    Mas a polícia TEM de servir o cidadão, esse é o DEVER dela. E esse tipo de atitude de quem está no poder, de ACHAR que pode mandar e desmandar, agredir, sair impune e achar que está acima da população são premissas BÁSICAS da Ditadura e do Facismo! E quem foi que te falou que o cara fuma beck? Na sua cabecinha pequena, todo manifestante é bandido, vagabundo ou drogado? Vc trabalho no Ministério, posso eu assumir que vc é corrupto???? A nossa necessidade de criar um herói é URGENTE! O Brasil precisa de pessoas pra nos tirar dessa inércia, desse comodismo e dessa aceitação. E fazemos isso nos manifestando, que seja com atos pequenos e individuais nas ruas como esse cara fez. Mas alguém tem de fazer alguma coisa. LOGO!

  6. Faço das suas palavras as minhas!

  7. O seu comentário é tão cheio de erros que eu nem sei por onde começar.

    O dever da PMESP e outras PMs estaduais é preservar a ordem pública e o Estado e isso não quer dizer que devem ser meus guarda costas pessoais. Experimente fazer uma manifestação massiva perto de uma prefeitura pra compreender essa divisão.

    Sobre o facismo, acho que faltou conversar com imigrantes italianos pra saber o que realmente é facismo. O problema é que a repressão sempre vai existir. Socialismo, facismo e democracia dão margem a isso. Sabe por quê? Porque quem exerce a atividade policial são pessoas falhas.

    No caso da PMESP uma quantidade massiva é despreparada, não tem conhecimento e entrou lá só por cabide de emprego, mas isso também não quer dizer que eu, que estou fazendo uma faculdade, devo subir em um patrimônio privado fazer valer meu egocentrismo.

    Sobre o MINISTÉRIO (como vc chama), novamente te faltou informação. O MPF faz parte do MPU e se ele não existisse, jamais vc veria o mensalão sendo julgado pelo Joaquim Barbosa. O MPF é que regula a atividade política e atua como fiscal da lei e existem Conselhos que fazem N auditorias para ver se essa atividade está sendo bem exercida.

    Sobre falar que eu ter cabeça pequena e talz, eu entendo. É fator comum ataques pessoas contra quem argumenta quando não se tem argumentos.

    E sobre manifestante, não é essa minha visão. Até pq eu fui nos dois últimos dias do basta que teve em SP e fiquei envergonha de ver a mixaria de gente. Se estamos precisando de heróis, que não sejam desse tipo aí da reportagem, mas sim de gente que vá para as ruas como os poucos que vi no vão do MASP.

  8. A impressão é a de que ele armou um circo, premeditadamente, já dispondo inclusive de exemplar da norma que quis criticar.
    O cidadão, encarapitado em cima de um orelhão, em tempo de arrebentar a cobertura de fibra, de causar dano outro que inutilize por algum tempo a prestação de serviço público que há de ser contínuo, assim impedindo o uso por quem precise, de ainda se machucar seriamente e demardar o atendimento de emergência por ambulância e hospital, que poderiam estar dando atendimento a outra pessoa, que não buscou situação de risco.
    Lá está ele, desperdiçando seu talento, perdendo o próprio tempo e gastando o tempo dos policiais que atenderam ao chamado ou denúncia que tenha ocorrido. Poderiam, como muitos queriam, estar "prendendo bandidos", mas tiveram que cair na armadilha do artista.
    Lá está ele, se julgando acima dos demais cidadãos, resistindo a uma ordem dada por autoridade competente (houvesse descido do orelhão ao primeiro pedido, tudo seria diferente), provocando um servidor público já estressado, que trabalha constantemente em risco, muitas das vezes com preparação ineficiente, coletes à prova de balas já vencidos e armamento em muito defasado, face àquele de que se valem os traficantes de droga, assaltantes e outros criminosos.
    Não, não estou a justificar excessos. Não estou a dizer "descumpriu a ordem, borrachada no lombo!", ao contrário, sendo a ele facultado fazer a denúncia que julgar competente . Mas em uma situação tal, evitar o confronto, evitar a provocação, trará inegavelmente uma solução tranquila para todas as partes – a estrutura do orelhão e sua funcionalidade não estariam em risco, o próprio artista não estaria em risco, nem os policiais seriam deslocados para uma ocorrência tão medonha.
    O prezado artista, tem inegável importância para a sociedade, podendo servir com a inteligência, arte, inovação. Mas se julgou superior, no direito de provocar servidores públicos, de chamar policiais de seus serviçais, de facistas, de agentes da ditadura.
    Em vez de "armar o circo" e "jogar pra galera", poderia se valer da inteligência para disseminar sua mensagem sem causar tanto tumulto, sem se comportar como um pequeno ditador, tão intransigente.

  9. se fosse um negro, de chinelo, roupa suja, ninguém ia defender… agora um playba metido a Che Guevara…. TRABALHAR DAS 8h as 20h NINGUÉM QUER, NÉ!?

  10. Caio Cipriano disse:

    Tem q vê isso aê… armação das boas, rsrsrs….
    Quem anda pela paulista ou qualquer outra do centro de sp vê toda hora pessoal fazendo alguma arte ou protesto. Eu pelo menos nunca vi policia implicando com esses tipos de artistas quando estão na calçada. O cara estava em cima de um orelhão podendo causar algum dano. A polícia foi falar com ele, pacificamente e ele simplesmente ignorou. Quer que faça o q? Depois vem alegar que não tem a liberdade? Outra coisa são os discursos batidos que "vcs são fascistas", "a ditadura já acabou". Além disso tudo culpar quem mesmo? O prefeito e o governador. Mas pq mesmo eles são culpados? Tenho certeza que por causa do partido político a quem pertencem. Se a sra marta suplicy ainda estivesse na prefeitura a culpa seria unica e exclusivamente do governador. Podem apostar.

  11. Lucas Lencina disse:

    Se o cara tivesse atendido a polícia e descido do orelhão em umas das 7 vezes em que isso foi solicitado, esse vídeo nem existiria. E engraçado, a polícia mal estacionou o carro e já tinha uns 3 ou 4 com câmeras na mão. A polícia já é despreparada, ganha mal, e esse povo, em vez de ajudar, fica enchendo o saco. Haja paciência.

  12. Paulo Silva disse:

    Eu não estou defendendo ou acusando ninguém, apenas destacando a atitude, um tanto, exagerada do policial de capacete. Pois manter a ordem pública é uma coisa, mas ameaçar o cidadão é outra coisa. (" você quer, quer provar", 06:30). Sei que alguns vão defender a policia, dizendo que tem muito marginalzinho por aí querendo fazer baderna ou algo parecido, mas justificar um abuso de poder com outro fato é indiscutível.Não é segredo que policiais espancam bandidos e as vezes cidadãos, mas isso não é certo. Não sou maconheiro e nem gosto de protestos, apenas estou mostrando minha inútil e singela opinião :)

  13. O cara pode até protestar, mais ta errado de subir no orelhão fica ai fazendo graça kkkk Brasileiro é tudo uns bosta isso não é protesto , ou quebra tudo ou nada kkkkk

  14. Júnior Kz disse:

    cara.. ele estar em cima do orelhão "podedando causar algum dano" como vc disse.. não configura crime algum.. existe sim em nosso ordenamento o perigo de dano, que na minha opiniao e de muitos estudantes do Direito vigente, são normas totalmente inconstitucionais, porém nenhuma dela se enquadra no mostrado do video, são casos como incendio e etc…
    Policia despreparada, soldados que mal mal terminaram o segundo grau, são colocados nas ruas para lidar com situações que não possuem o menor conhecimento, não culpo o soldado, já vi mto cara que com a arma na cintura se transforma… falta conhecimento…

  15. Velho não to dizendo que o cara desse vídeo está totalmente certo mais você viu a mara do policial com o outro que estava questionando ele, apenas por isso só faltou prender o cara.
    Vejam esses dois vídeos e falem bem dos policias!
    http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=wQpasCUBvm4&feature=endscreen
    http://www.youtube.com/watch?v=oH06J2XEQJw

    E agora tens coragem?

  16. Caio Cipriano disse:

    Eu concordo com vc. Mas veja que foi tudo premeditado. Sobre os policiais, concordo plenamente que falta muita preparação, mas pense bem, o cara está provocando essa reação da polícia. As vezes não sabemos o estresse que esses caras passam e vem gente querer provocar. Acho que independente da formação do indivíduo ninguém é de ferro. Já vi muita gente que não tem escolaridade muito bem educada e aposto que vc tb já viu. Tb já vi muito cara pós graduado, doutorado que é um verdadeiro cavalo. Claro que independente disso a formação é essencial, mas não são robos que estão lá fazendo esse trabalho. São humanos, e podem ser os mais calmos do mundo, mesmo assim estão sujeitos a virarem truculentos diante dessas provocações.

  17. Caio Cipriano disse:

    Ah sim, só pra não deixar dúvidas que foi premeditado: O cara já tinha gente filmando ele, discurso pronto (e bem batido por sinal) além dos papéis da constituição em mãos.

  18. Diego da Rosa disse:

    Policial é tudo corrupto, tudo ruim, autoritário? Então da próxima vez que estiver em perigo, ao invés de ligar pro 190, chama o Batman.

  19. Caio Cipriano disse:

    Mas Romário, sem querer ofendere nem nada, mas generalizar agora? Você é do tipo que vê um cara de determinada etnia ou raça fazendo algo de errado e conclui q todos iguais a ele tb façam?

  20. Cláudio Barbosa de Oliveira disse:

    Arsiclaro. Você chegou ao ponto. "…Experimente fazer uma manifestação massiva perto de uma prefeitura pra compreender essa divisão…"
    Consegue perceber um contra senso na quantidade de policiais por causa de uma manifestação pacífica ?
    Consegue ainda perceber que os policiais não precisavam tê-lo derrubado. Poderiam aguardar ele fazer algo realmente errado, e com isso prendê-lo. Para isso bastava que lá estive um policial apenas. Policial este que devia estar na maioria das vias públicas para manter a ordem.
    Sobre denominações de siglas, o que é realmente importante é. A forma como a coisa foi conduzida pelos policiais foi a melhor ? Será que não precisamos de "heróis" para questionar e exteriorizar aquilo que a maioria da população pode estar querendo falar ?
    Dá uma repensada antes de tomar partido de um dos lados. Em tempo, normalmente universitários são mais bem preparados para argumentar. Se colocam na policia pessoas despreparadas, é isso que merecemos como cidadãos ?
    Ainda, sobre fascismo… bem, prefiro falar sobre algo que vi de perto e lí a respeito. A ditadura de 64. É nossa genuinamente, e precisa ser lembrada como o fascismo, nazismo e outros sistemas. Não devemos esquecer, pois, devemos ter parâmetros para saber o que é bom.

  21. Cláudio Barbosa de Oliveira disse:

    Mas foi válido ou não. O que conseguimos tirar de conclusão e aprendizado deste evento ? Somente que ele armou um circo. Pensemos.

  22. Na opinião de alguns, pode ter sido, alguns destes ainda entendo ter sido demonstrado que a polícia é um instrumento de dominação dos capitalistas protofacistas leitores do PIG antidemocráticos racistas e escravagistas (não digo que seja a sua opinão, nem estou dando qualquer indireta para você, Cláudio).
    Na minha opinião, novamente, ele desperdiçou o tempo de muita gente, o próprio tempo e o da polícia que, chamada, teve de atender à ocorrência. Colocou a si mesmo em situação de risco, na iminênica de ocupar também uma ambulância, médicos e pronto-socorro. Pôs em risco, ainda, o funcionamento do orelhão, o que poderia ter levado mesmo ao impedimento por algum tempo, em caso de dano, de uso pela população.
    Desperdiçou o próprio talento e desde o primeiro momento buscou o confronto (conforme alguém lembrou, até a retirada à força, foram ao menos 07 pedidos para que descesse).
    Sou a favor da arte de rua, essa que, na grande maioria das vezes, ainda não está a serviço de um patrocínio, perdendo seu conteúdo. E contra, pois, a lei paulistana que proibiu a arte de rua.
    A favor da denúncia, mas de forma inteligente, não desordeira, que busca visibilidade ao agredir, ao "jogar pra galera", inflamando a população contra a polícia.
    No caso específico do artista em questão, em nova oportunidade, se quiser voltar a negar seu talento que certamente tem, será melhor sair à rua com uma melancia dependurada no pescoço.

  23. A minha opinião é que esse ai é um Playboy "Artista" sem talento querendo ficar famoso no Youtube, ocupando o tempo da policia, apoiado por seus amigos também Playboys e uma multidão desinformada.

  24. Francisco P. Menezes disse:

    O cara é um vândalo comunista que ao invés de trabalhar prefere provocar confusão na rua. Não tinha nada que subir nos orelhões. Se fosse sério, faria o "trabalho"dele nas calçadas como uma pessoa de bem. O trabalho da polícia foi perfeito, pena que tinha populares ignorantes atrapalhando

  25. Michel Zorzal disse:

    Se a prisão se deu em função de um suposto crime de dano (art. 163 do Código Penal), não importaria se o bem é público ou privado, o crime persiste mesmo quando o bem é particular.

    Se o bem for público, qualifica o crime.

  26. Gleuber Lucio disse:

    Ridiculo, o cara sobe me cima de um orelhão (bem público, que caso ele quebrasse com certeza não iria pagar), ao lado de uma via de trafego intenso, que se ele se desequilibresse caisse poderia causar um acidente grave não só pra ele mas para os condutores dos automóveis, enfim o cara não pensa e acha que a policia é contra ele, que o estado é contra ele. Todos temos o direito de protestar mas que seja de forma conciente não cheio de maconha na cebeça e se achando superior aos outros. Lembrando que a atitude do policial de empurrar o individuo é reprovavel. Mas se fudeu, pra largar de ser babaca!!

  27. Allan Doni disse:

    o treta sempre tentando nos enfiar goela abaixo o ódio contra a pm… afff

  28. Ninguém gosta da policia até que precise dela.

  29. CAMBADA DE BURGUES SAFADO NÃO PODE VER UM MACONHEIRO METIDO A CHE GUEVARA Q FICA TUDO DEFENDENDO ISSO SIM É VERGONHA TANTA FORMA DE PROTESTAR E O CARA Q LOGO ARRUMA UM JEITO DE ATRAPALHA O SERVIÇO DOS OUTROS PORQ ELE NÃO ARRUMA UM SERVIÇO PRA ELE O CARA NEM SABE OQ TA FALANDO DE TANTA DROGA Q USA POR MIM PODERIA VOLTA O PODER PARA OS MILITARES PARA VER SE DA UM JEITO NO Q AINDA RESTA NESSE DECADENTE PEDAÇO DE TERRA QUE A GENTE CHAMA DE PAIS.

  30. Tai uma profissão que eu jamais escolheria "ser policial", se esse cara quebrasse a merda do orelhão a culpa seria da policial, que não estava fazendo ronda, policiamento etc… Fora que tem que ter uma paciência de Jó pra aturar vândalo metido a artista, e antes que apareçam defensores, o verdadeiro artista de rua procura expor e protestar sempre sem denegrir o patrimônio da cidade, por exemplo os grafiteiros e etc…
    EXEMPLO
    http://globotv.globo.com/rede-globo/jornal-hoje/v/artista-plastico-baiano-expoe-nas-ruas-de-nova-york/2196178/

  31. Arsiclaro Rodrigues, isso aí!

  32. a atitude da policia foi exagerada, mas o sujeito provocou, se ele ñ quisesse confusão teria obedecido a ordem. por + q vc discorde de algo, vc ñ pode simplesmente desrespeitar, só se vc quiser ver o circo pegando fogo como foi esse caso

  33. Putz, que baita confusão, mas o kra tb tava ali com uma replica de uma arama, sejá lá do que ela for feita, o minimo que a pm pode fazer é verificar né, acho que os policiais apenas estavam fazendo seu trabalho, afinal das contas agente acaba reprimindo é as autoridades.

  34. A polícia nos serve sim. A ordem pública é um serviço prestado ao público. O problema é que o suposto artista faz algo que é obviamente um ato de vandalismo. Subir em um orelhão ou no telhado alheio é a mesma coisa. Orelhão não é pra subir! O camarada além de atrapalhar quem quisesse ligar daqueles orelhões, coloca em risco os transeuntes, pois o mesmo poderia cair sobre alguém. Foi solicitado que descesse do orelhão e depois de se negar algumas vezes foi levado a força. Ele , tão sabido acerca das leis deveria ter acatado a ordem e se julgasse errada a atitude processar o estado pela atitude " fascista ". Errada a atitude de subir novamente no orelhão. Mais que isso, atitude burra. E ainda por cima um monte de gente imbecil atrapalhando a atuação da PM, pq o fraco sempre está certo, na visão do povo.

  35. Júnior Kz disse:

    sim sim… mas nao acho que estresse da profissão é desculpa… premeditado ou nao.. policia agiu errado… nao houve dano, nao podia ser preso…
    um protesto pacifico nao pode ter esse resultado, em nenhuma hipotese…

  36. Ludmila LG disse:

    Lamentável a reação dos populares defendendo o suposto artista. Este, cinicamente, mostra a Constituição e tenta demonstrar algum conhecimento sobre seus direitos, argumentando com a sua liberdade de manifestação. Só faltou alguém dizer a ele que o que ele tentou fazer configura ABUSO de direito, o que é proibido pelo ordenamento jurídico. Ter um direito não significa que se possa abusar dele, assim como quem tem autoridade também não pode abusar dela. E não acatar a ordem legal de funcionário público configura crime de desobediência (art. 330 do CP). Preso em flagrante, obviamente, como deveria ser. Talvez logre êxito em seu intento ficando famoso no YouTube. Ou não.

  37. Douglas Sebastian disse:

    Será que estas pessoas não emprego ? Ou algo pra fazer ? O sujeito em tempo de se estabacar la de cima qubrar orelhao com tudo .
    —–> Telefone é para TELEFONAR ..Calçada e para se passar. Simples !
    ….o cara é alienado da cabeça, sai na rua achando que é o Super Man e que vai salvar o mundo em cima de um orelhão. O governo tem que lançar o Bolsa Gardenal !

  38. Os policiais deveriam pegar o telefone desse cara e passar pra todo mundo que tá defendendo ele, assim quando precisarem, podem ligar pra ele ao invés da polícia que eles tanto criticam, né? – Que tal?

  39. Nicole Guzman disse:

    alem dos descerebrados prenderem ele sem fundamento nenhum eles ameaçaram a galera que tava em volta

  40. Paulo Prada disse:

    Se lascou, telefone publico não é lugar de subir… Se fosse um qualquer ninguém taria enchendo o saco… Proteste dentro dos limites da Liberdade.

  41. Michel Johann disse:

    Trabalhar, ninguém quer né? muito bonito o figura subir em cima de um orelhão (patrimônio) e achar que pode fazer oque quer… queria ver se fosse no telhado da casa desse pessoal… para que eles iriam ligar??

  42. pqp, cambada de mal acabado, malandro… realmente, trabalhar que é bom ngm quer!

  43. Vai trabalhar vagabundo… Subir em orelhão??? Se quer se expressar como artista pega um paninho e vai limpando todos orelhões da cidade, isso sim é arte.

  44. Esse blog não cansa de fazer apologia ao crime? Que tanta revolta é essa contra a polícia?

    Pra mim quem tem ódio de polícia é BANDIDO!!

    Pra quê Polícia, né? Quando sua casa for invadida, sua irmã/mãe/filha for estuprada na sua frente, você for espancado ou quando for assaltado no meio da rua, LIGA PRO PCC OU PRO COMANDO VERMELHO! PEDE AJUDA A ELES, FDP!!

  45. Melhor ligar pro Fernandinho Beira-Mar!! Melhor que polícia…

  46. ta certo tinha q levar ele e mais meia duzia desses playboyzinhos de merda q estavam tumultuando.. foi até pouco.

  47. Jose Cruz Gouvea Neto disse:

    liberdade é uma coisa, e libertinagem é outra realmente, mas só um otario não ve que a policia usa e abusa do poder, parabens a coragem deste jovem, faltou atitude de quem estava em volta, que apenas sabia xingar a policia e nem um outro tentou subir no orelhão! A sociedade brasileira esta cada dia mais cansada de injustiça, e qualquer um que esteja satisfeito com ela, apenas aceita seu fracasso como ser humano!

  48. Everton Farao disse:

    Só teve atenção por estar em telefone público.Conseguiu.Quem acha que isso é desordem não dê continuidade

  49. Haron Alvares disse:

    Na minha leiga opinião, está todo mundo errado…

    1 – Está errado a começar pelo cidadão que tem todo direito de manifestar sua liberdade de expressão assim como garantido na constituição, errado porque o direito dele termina quando começa o meu ou o seu direito de ter em perfeitas condições e protegido o patrimônio para que haja condições de uso pois para isto que meus impostos são pagos; Está errado o artista em achar que as leis municipais e estaduais não se sobrepõem a lei federal porque é também garantido em constituição ao estado que crie suas leis e as defendam, ou seja o direito do artista a manifestação cultural é livre desde que não oprima meus direitos como cidadão.

    2 – Estão absurdamente errados os inconsequentes policiais (Policiais e não a instituição PMESP) em reprimir com força desnecessária o manifestante (mesmo sem o direito de estar ali sobre um telefone público) pois como o próprio disse poderia ter havido consequências traumáticas em seu corpo, quando era mais decente por parte dos policiais orientar que ali ele não poderia ficar pois estava infringindo leis estaduais e municipais.

    3 – Está errado o policial que apreendeu o cidadão sem antes o mesmo subir no telefone novamente, pois sem isto não há ato infracional.

    Assim como alguns fazem julgar o cidadão acusando-o de se utilizar de maconha, outros fazem em condenar a Policia por um ato despreparado e com nervosismo por manifestação ao entorno da ocorrência, e é aí que eu pergunto quem é mais opressor ?

    Lembrando que a Policia Militar realiza um excelente trabalho no Estado de São Paulo mesmo sem o melhor preparo e normalmente só é lembrada quando estamos com uma arma na cabeça ou em qualquer outra dificuldade…

    Taí minha opinião que não serve de porcaria nenhuma!

  50. Haron Alvares disse:

    Blog de anarquista é assim meu caro Allan Doni, a vontade de ser Punk é grande mas atrás do teclado é mais seguro!

  51. Haron Alvares disse:

    Na Paulista local do ocorrido aí eu passeava em frente a Brigadeiro, quando me chamou atenção um ceguinho se "estatelando" no chão porque um "artista" estava com o seu caixote sobre a faixa de orientação a deficiente visual… Bela Manifestação artística!

  52. Felipe Kondo disse:

    Ao subir no orelhãoo artista (palhaço) perdeu toda a razão!!!

  53. Marcelo Kut disse:

    quem nao gosta da ação da policia tem todo o direito de prestar o concurso publico e ser policial vai lah ver como é facil lidar com um bando de maconheiro drogado e gente que acha que tem muito direito e não tem dever nenhum…

  54. E quando precisar vai gostar menos ainda.

  55. kkkkk, ruim com ela , pior sem ela !kkk estamos ferrados mesmo e a borrachada vai comer neles e em nois kkkk ! da risada pra nao começar o ano chorando !

  56. Atentem para as primeiras palavras do policial:" POR FAVOR, desce daí meu camarada."
    E o cara não desceu.
    Aí ele pediu pela segunda vez. E o cara não desceu. Pediu pela terceira vez. O cara não desceu. Pediu pela quarta, quinta, SEXTA vez, e o cara não desceu.
    Na boa cara, não desce por bem, desce por mal. Esse cara que vá fazer palhaçada no puteiro dele.

    Direito de ir e vir? Esse bosta estava em cima de um orelhão velho. É propriedade particular. Aí essa merda quebra, e a população reclama que o estado dos telefones públicos é nojento.

    É cada uma que me aparece…

  57. então na sua lógica, qualquer um pode subir nos orelhões da cidade a hora que quiserem?

    para seu carro do lado do orelhão e fala que eles podem subir também.

  58. quantas vezes o pm pediu pro cara descer do orelhão?
    eu contei seis. na primeira, inclusive, pediu "por favor"

  59. Edgar Felix disse:

    Já falei quando o vídeo foi publicado e falo aqui novamente.

    Esse cara têm que ir protestar lá na USP com seus amigos fumadores de maconha. ORELHÂO é feito de fibra de vidro e é gasto MILHÔES por ano em ordem de manter eles funcionando mesmo quando TODO MUNDO tem um celular. Todo cidadão têm o DEVER moral de derrubar esse filho da puta a pedrada se necessário!!!