Com o advento da Copa do Mundo de futebol de 2014 no Brasil – aquela que não ia ter e não só acabou tendo como teve demais até (os alemães que o digam) – os estádios brasileiros passaram por uma importante modernização, afinal, como diria o poeta, não se faz uma copa com hospitais.

Só que nem tudo são flores e camarotes VIPs nessa história, além de nossa dignidade perdida após a goleada alemã, as reformas realizadas nos estádios para atingir o tal “padrão Fifa” levaram embora oficialmente uma das personagens mais características do futebol brasileiro: a geral.

O espaço entre as arquibancadas e o campo proporcionava uma pior visibilidade do jogo, só que por isso mesmo os ingressos para este setor eram mais baratos, acessíveis para mais pessoas.

torcida-flamengo

E, por isso mesmo, a geral se tornou um ambiente conhecido pela animação dos torcedores e pelas mais variadas manifestações de amor ao futebol.

Com o fim de uma era, entra em debate a elitização do futebol:

Adeus, Geral (filme completo)

Entendendo que o futebol é uma representação fiel de nossa realidade, surge o documentário “Adeus, Geral”, que teve seu início a partir de um trabalho escolar de Geografia sobre “muros sociais”. O filme busca explorar a elitização do futebol brasileiro, que exclui dos estádios as camadas mais pobres da população.

Produzido por 5 alunos do Ensino Médio, movidos pelo sentimento de expor as injustiças que esse muro social representa, deu voz a torcedores, jornalistas, técnicos e ex-jogadores para entender o que significa essa tendência.

Participam, com depoimentos, nomes como os jornalistas Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira, o ex-técnico do Corinthians, Tite, o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, o ex-jogador Alex e membros das principais torcidas organizadas de São Paulo.

 


 

BONUS – Outro documentário imperdível pra quem curte o tema futebolístico:

Pelada – Futebol na Favela

Pelada, Futebol na favela retrata a garra dos garotos com a bola no pé, a paixão dos torcedores na beira do campo e todo o universo que envolve o cotidiano das peladas.

Imagens impactantes das jogadas nas favelas em um filme único, com marcantes depoimentos de campeões que vieram das comunidades, descobriram seu talento nas peladas e conquistaram o mundo – um mundo de desafio e superação envolvido pela ginga do samba, a batida do funk e a identidade do rap.

Participação especial de Neymar, Ronaldo Fenômeno, Paulinho, Serginho Chulapa, Emerson Sheik, entre outros.

 

CLIQUE AQUI para ver mais postagens sobre esportes!