O fotógrafo Leigh Ledare estava há um ano e meio sem ver a mãe, Tina Peterson, e quando chegou em casa foi recebido por ela completamente nua, acompanhada de um namorado. A atitude chocante da mãe tinha como objetivo demonstrar que ela tinha recuperado a autoestima, e quebrar o tabu da sacra sexualidade das mães.

Nos oito anos seguintes, por sugestão da própria Tina, o rapaz fotografou a mãe nua em ensaios sensuais e eróticos, inclusive em poses provocantes ao seu lado e até mesmo acompanhada dos namorados que ela teve durante este período feliz da vida transona.

O resultado é a exposição Pretend You’re Actually Alive, que obviamente está causando uma enorme polêmica em Londres. Veja por quê:

leigh-ledare-mom-15-652x791

Para os caretas, Leigh tenta explicar: "Eu vejo o desempenho da sexualidade de minha mãe como tendo uma série de funções, entre elas, desafiar o clima de moralismo e conformismo em torno dela, como uma forma de proteger-se do seu envelhecimento".

– – –

Édipos com Idea Fixa.


 

34 comentários