Sim, é verdade:

BR4vZ0bCQAE8pet.jpg-large

No primeiro mundo, respeito à liberdade individual é política governamental:

Uma ação educativa bem-humorada da polícia de Seattle transformou a marca Doritos, da Pepsico, na estrela involuntária do Hempfest, festival anual celebrando a maconha que aconteceu entre os dias 16 e 18 de agosto na cidade americana.

Para alertar sobre as regras e restrições ao uso da erva, os oficiais distribuíram mil unidades do salgadinho para os participantes. As embalagens receberam adesivos com esclarecimentos a respeito da I-502, medida que legalizou a posse de maconha no estado em novembro de 2012.

 

img_4227

Em meio à piadas do tipo “Aviso: o conteúdo dessa embalagem é tão delicioso quanto parece” e “Este adesivo não é um advogado e não pode lhe fornecer aconselhamento jurídico”, o departamento de polícia distribuiu conselhos como “Não dirija depois de fumar” , “Não forneça o cigarro à menores de 21 anos” e “É permitido escutar Dark Side of The Moon em um volume razoável”.

A campanha ganhou cobertura ao vivo no Twitter, agregada na hashtag #OperationOrangeFingers (algo como #OperaçãoDedosLaranjas), com direito a posts engraçados e memes virtuais. A Pepsico, dona do produto fabricado pela divisão Frito-Lay, não se manifestou oficialmente a respeito da iniciativa.

Ao site The Stranger, o porta-voz do departamento de polícia da cidade, o sargento Sean Whitcomb, afirmou que a expectativa era de que a ideia fosse bem recebida. “A distribuição de salgadinhos em um festival celebrando a maconha, na minha opinião, é irônica o suficiente para que as pessoas aceitem a ação com bom humor. Queremos garantir que as pessoas aprendam as regras e que respeitem a decisão”.

– – –

Fonte: Exame


 

10 comentários