Sim, senhores! Voltamos com mais uma etapa de nossa jornada investigativa que visa desvendar os mistérios e minúcias do universo das CamGirls.

Pra quem esteve hibernando em uma caverna nos últimos meses, explicamos: cada vez mais homens procuram profissionais sexo virtual para satisfazerem seus fetiches através da internet. É um fenômeno tão meteórico que atualmente chega a preocupar até mesmo as maiores empresas do ramo pornográfico, que vêm perdendo mercado e se sentindo ameaçadas tal qual taxistas pelo Uber.

Mas o que explica esse fenômeno?

jessie-92

 

Nós começamos nossa série de reportagens aqui nesse post, nos aprofundamos um pouco mais com duas entrevistas muito esclarecedoras (que você pode conferir aqui e aqui), e agora chegamos à terceira e última entrevista da série.

Conheça abaixo Jessie Hentai (28 anos), uma das cam girls mais gostosas requisitadas do mercado:

 

jessie-64

1. Há quanto tempo você trabalha como CamGirl?

Conheci o trabalho de camgirl há 10 anos atrás (em 2005), quando tinha 18 anos. Não era um trabalho conhecido e nem comum no Brasil (éramos chamadas de “chathostess”). Atuei alguns anos em sites americanos, pois não tinham bons sites no Brasil. Parei um tempo, decidi fazer faculdade e arrumar um emprego “normal” [risos]. Alguns anos depois, conheci o Câmera Privê e decidi voltar a trabalhar como cam girl, estou no site há dois anos e não pretendo parar tão cedo!

 

2. Por que resolveu ser uma CamGirl?

Primeiramente porque sou exibicionista e me dá muito prazer saber que estou sendo observada por desconhecidos. Depois pelo retorno financeiro que é alto e pela qualidade de vida que ser stripper virtual me possibilita.

 

jessie-68

3. Quantos clientes você atende em média por dia?

Não sei dizer, cada dia é único. Quando decido ficar online no Câmera Privê, nunca sei o que ou quem vou encontrar, e isso é incrível! Tem dias que atendo apenas 2 ou 3 que ficam comigo por longas e maravilhosas horas e outros dias atendo dezenas (as famosas “rapidinhas virtuais”).

    

4. Por que você acha que os homens procuram uma CamGirl?

Alguns procuram pela companhia, pelas confidências, outros procuram para revelar segredos, fazer desabafos… e tem o outro nicho que procura camgirls para realização de fetiches que a sociedade nem sempre considera aceitáveis.

 

jessie-19

5. Sobre o que os homens gostam de conversar?

Assuntos variados, desde fetiches até literatura. E isso me encanta demais, pois cada cliente é único. E não, os homens não são todos iguais… isso é pura lenda!

 

6. Quais são as principais reclamações masculinas sobre as mulheres?

Alguns que são casados dizem que a mulher não realiza suas fantasias sexuais, por isso acabam procurando as camgirls. Geralmente acreditam que, por não haver contato físico, não é traição. Inclusive muitos clientes “amigos”, que já me acompanham há muito tempo no Câmera Privê, são casados e contaram para a esposa sobre o site. A maioria delas aceitam e ainda incentivam!

 

jessie-11

7. Você atende muitos homens comprometidos?

Não é a grande maioria, digamos que no meu nicho os homens que me procuram 40% são casados. Mas depende de cada modelo, tem menina que atende predominantemente homens mais velhos e casados. Criei um nicho diferenciado, então meu foco é atrair mais o publico geek / nerd, que geralmente são solteiros, de idade entre 18 a 35 anos. Cada modelo vai moldando o seu “personagem” de camgirl e adequam seu perfil para atrair determinado tipo de homem (ou mulher) com os quais se identificam e sentem tesão. Afinal, em nossa profissão, ter prazer é essencial e podemos nos dar ao luxo de escolher quem queremos ou não atender!

 

8. Sobre o que esses homens comprometidos reclamam em relação aos seus relacionamentos?

Os comprometidos geralmente reclamam da falta da sedução, casamentos longos e rotina. Mas sempre tento incentivá-los a incluírem as esposa nas aventuras! Gosto muito de aconselhar, tenho um cliente de longa data que depois de meses conversando com ele, até me apresentou (virtualmente, claro!) para sua esposa. Ficamos amigas e ela visita minha sala e faz show privado comigo muitas vezes sem ele por perto. Dou dicas, converso muito, ensino algumas coisas! Adoro atender casais, eles acabam me utilizando como forma de facilitar o diálogo sobre sexo, abrir o leque de possibilidade para apimentar a relação, o que acaba revertendo situações que muitas vezes pareciam impossíveis, com o casamento caindo na rotina e a apatia tomando conta.

 

jessie-24

9. O que os homens mais pedem para você?

 

99% dos rapaz com que faço sexo virtual querem ver meu bumbum e eu adoro, porque meu bumbum é lindo! [risos] Então tenho mais é que mostrar ele mesmo, muito tesão para a exibicionista ser vista e desejada! Mas tem muitos pedidos legais, os podólatras amam meus pezinhos. Por conta do nicho de clientes que tenho, recebo muitos pedidos voltado para o BDSM, squirting, pomparismo, etc.

 

10. Qual a melhor e a pior coisa de ser uma CamGirl?

Ser camgirl é um trabalho incrível e recompensador. Fazer algo que deixa as pessoas felizes é o que mais gosto do meu trabalho, além de estar sempre em contato com o meu próprio prazer, já que sou exibicionista. Posso alegrar o dia chato de alguém, trocar experiências, eu amo muito tudo isso.

A parte ruim é o fato de ser uma profissão que é vista de forma muito negativa pela sociedade, não é aceita por puro preconceito e moralismo. Por isso a maioria de nós escondemos o rosto, tatuagens e qualquer outra coisa que possa nos identificar.

 

jessie-27

CLIQUE AQUI para conhecer a Jessie Hentai e outras CamGirls espetaculares!


 

1 comentário