A lista negra de estabelecimentos comerciais virtuais do Procon de Sâo Paulo (SP) acaba de ser atualizada chegando ao total de 275 sites de compras brasileiros que devem ser evitados por consumidores que não pretendem esquentar a cabeça.

O motivo principal que levou tais lojas a figurarem nessa lista seria o grande número de reclamações dos clientes, especialmente no que diz respeito a produtos não entregues e falta de respostas no atendimento das empresas. Muitas inclusive já encerraram suas atividades após deitar o calote na praça.

CLIQUE AQUI para acessar a lista negra na íntegra direto da fonte.

– – –

O Gizmodo não perdoa.


 

2 comentários