De carona nesta reflexão, decidi-me experimentar o site Omegle, cuja principal proposta é conversar com estranhos de todo o mundo num chat privado aleatório livre de identificações.

Comunicação global? Possibilidade de conhecer pessoas sem fronteiras e sem preconceitos? Nada disso. Como em qualquer chat, a possibilidade de se encontrar pessoas loucas online é altíssima – o que pelo menos garante umas boas risadas.

Pra quem arranha um pouco de inglês, segue a transcrição dos “melhores” trechos de minhas três primeiras (e últimas) incursões no perigoso mundo dos estranhos:

omegle1

omegle2

 omegle3

Muito produtivo.