Felipinho
  •  
  •  
  •  
  •  

twit.elegante

Com o advento da inclusão digital -leia-se: “Computador do Milhão“, “parcelamento infinito nas Casas Bahia” e “Windows Starter Edition” – a nerdaiada se viu compelida a vazar do Orkut e procurar novas ferramentas sociais geeks para fazer o que eles ingenuamente imaginam ser “interação social”.

Daí inventaram o tal do Twitter e a galera antenada pôde enfim voltar a extravasar sua ânsia de conectividade e egocentrsimo, perdendo mais algumas infindáveis horas de seus dias em atividades não-sexuais.

Na busca por tornar a internet um recanto mais propício ao acasalamento, algum experto teve a idéia de recriar o velho “Correio Elegante” (aqueles recadinhos melosos e constrangedores que movimentavam as festas juninas da sua pré-adolescência) dentro do conceito Web 2.0.

Basta entrar no Twit Elegante, escrever um recadinho romântico pra quem você quiser (lembrando de colocar o famoso “@nickname” para endereçar corretamente a sua mensagem) e curtir toda a comodidade do anonimato para continuar sem comer ninguém.

Viva a modernidade!
 

(*) Fonte: Times New Roman


  •  
  •  
  •  
  •