E pra quem ainda duvidava deste clássico empreendimento pós-web:

– – –

Do desocupado leitor Ramon Max.