bolo.2anos

Me rendo ao chavão: parece que foi ontem. Eu estava há algum tempo sem praticar minha verborragia na internet e então decidi que o mundo não ia escapar ileso à minha ousadia e malemolência.

Em uma madrugada sombria de 26 de novembro de 2005, bêbado, decidi registrar o domínio www.treta.com.br, passei num caixa 24 horas pra pagar o registro e criei minha conta no Blogger. Desde então o mundo nunca mais foi o mesmo.

Do mais absoluto anonimato, o site foi ganhando visitantes e leitores fiéis a cada dia e depois de quase um ano de atividade chegamos ao mais relativo anonimato. Tivemos um pequenino quiprocó judicial que nos obrigou a sumir do mapa por outro longo período e então ressurgimos das trevas em julho deste ano, para sacudir a efervescente blogosfera brasileira.

Foram dois anos conturbados, alternando momentos de ostracismo explícito com alguns breves instantes de evidência. Mas acima de tudo foram dois anos de gambiarras malemolentes, bebedeiras épicas e orgias insandecidas com gêmeas suecas regadas à vodca ABSOLUT™.aniversario.treta

Eu gostaria de ficar aqui falando de cada pequena conquista que tivemos nessas duas temporadas de TRETA. Dos amigos que fizemos, das mulheres que comemos, dos convites que recebemos, dos elogios que ouvimos e não merecemos… Seria uma jornada egocêntrica, enfadonha e sentimentalóide.

Ao invés disso, vamos brindar junto com você, caro leitor, as três maiores vitórias que obtivemos nesses dois anos. Três expressivas conquistas que mesmo a modéstia não nos impede de anunciar aos quatro cantos da web.

Sem mais delongas, vamos à elas:

 

1. Super Trunfo Blogs

st.100blogs

Um belo dia, em meio a um semi-coma alcoólico, tivemos a singela idéia de homenagear os nossos blogs favoritos com uma versão nerd do famoso jogo de cartas da infância de todos nós. Durante 72 horas ininterruptas de trabalho árduo construímos aquilo que viria a ser nossa mais oportuna cartada: o estupendo e fenomenal Super Trunfo Blogs.

Os homenageados curtiram a novidade e este site recebeu uma muito bem-vinda enxurrada de novos visitantes, dentre os quais os mais safardanas resolveram ficar por aqui e engrossaram nossas estatísticas de acesso.

Saiu até na revista INFO Exame deste mês. A maior publicação impressa sobre tecnologia da informação do país linkou o TRETA no papel e nossos olhos se umideceram de emoção.

info.exame

E como se não fosse suficiente, ainda estamos concorrendo (e vencendo) o Best Blogs Brazil 2007, uma disputada eleição dos melhores da blogosfera brasileira, na categoria Melhor blog de humor e Melhor post do ano, graças ao nosso trunfo.

A enorme repercussão do baralho nos abriu algumas portas. Pena que infelizmente não soubemos entrar.

Após nossa singela participação na brincadeira criada pelo malvado André Dahmer, o meme dos “bloghits” (?) virou a coqueluche do momento e um monte de outros blogueiros oportunistas inventaram suas próprias coleções de tazos, figurinhas, camisetas e outras tantas coletâneas blogueiras repletas de segundas e ordinárias intenções. Até a vaca foi pro brejo blogueiro.

bloghits

A mais concreta das participações nessa brincadeira veio do astuto empresário Nick Ellis, que opera um megaconglomerado de blogs, dentre eles o estupendo e antenado Digital Drops.

Em parceria com a galera da Coolnex ele lançou a maravilhosa coleção de cards colecionáveis da blogosfera para distribuir entre blogueiros e respectivos leitores, os Coolnex Cards da Blogosfera. Cada carta apresenta/sugere um blog diferente e ainda fornece um código secreto para você fazer algo inédito em sua vida: baixar uma música em mp3. Legalmente.

O TRETA deu a idéia de embaralhar a blogosfera, e o Digital Drops transformou a biriba virtual num carteado de verdade, feito com papel e tinta:

coolnexcards

Inclusive, o primeiro leitor que deixar no box de comentários congratulações em russo pelo nosso aniversário, leva pra casa a coleção (quase) completa das cartinhas. Inclusive², se o Nick nos presentear preenchendo as nossas lacunas (ui!), leva a canastra completa.

O mais legal nisso tudo foi perceber que a nossa pequena brincadeira mexeu com os brios dos atuais editores de mídia, e colocou essa mania ridícula de ficar falando de si mesmo no cerne da blogosfera. Voltemos todos os olhos pros nossos próprios umbigos! Não é divertido ilustrar o backstage da informação? Só num universo como a internet é possível investigar os mecanismos obscuros dos agentes produtores – e replicadores – de conteúdo: notícia, humor, entretenimento e, especialmente, opinião.

Ou você consegue imaginar a Veja lançando o “Super Trunfo Revistas”, com as cartas da Época, da IstoÉ e da Playboy? Seria legal se os jornais e  as demais publicações tradicionais se valessem da metalinguagem como a blogosfera o faz.

Os distribuidores de informações do novo milênio (sim, estou falando dos boçais que escrevem em blogs) são responsáveis pelo debate dos assuntos em evidência, através da publicação em seus próprios blogs dos assuntos do momento sob seus diferentes pontos de vista. Que bom que na “blogosfer
a” esses comunicadores podem debater de uma forma mais direta, deferindo opiniões e argumentos da forma como devem ser expostos: com a devida referência.

Um brinde e um link à blogosfera!

 

2. Usura Não!

Apesar de não levarmos nada a sério, o TRETA também faz suas manifestações de indignação quando o assunto toca numa ferida que macula as esperanças de milhares de blogueiros ávidos por uma internet mais recíproca: a avareza de links em publicações virtuais.

Seja em grandes portais, no Kibe Loco, ou no mais recém-criado e desconhecido blog miguxo, o link é o elemento básico da conversação que se faz necessária à circulação de informação. Usura não!

USURANAO.celebridades

Pegamos no pé do Antônio Tabet, um dos meus ídolos de longa data, por pura perplexidade: qual seria a razão dessa compulsiva necessidade de não linkar?

A campanha repercutiu nos posts dos mais engajados blogueiros dos quatro cantos da reciprosfera. O debate esquentou. Enquanto alguns endossavam o nosso manifesto, outros nos acusavam de invejosos, oportunistas, bobos, feios e cara-de-mamão.

Mas na hora da verdade, o próprio Kibe não teve como permanecer com sua teimosa conduta. Publicou um novo vídeo, “feito a quatro mãos” com o outrora vítima da usura kibética e sempre habilidoso DJ Raphael Mendes, e fez aquilo que deixou muita gente pensando ser o prenúncio do apocalipse: linkou.

Taí, a prova cabal para os incrédulos:

kibe.link

O TRETA debateu a questão, e o maior blog de humor do Brasil se redimiu e reviu suas atitudes em nome de uma internet mais recíproca. Quem sabe um dia a gente consegue fazer alguém rever suas atitudes lá em Brasília?

Tô pra te dizer que eu não duvido de mais nada.

 

3. Dani Koetz na Playboy!

Sempre rola um burburinho quando o assunto é a capa da Playboy. A simples idéia de que uma revista tem o poder de despir as gostosas do momento pra entreter seu público é o combustível necessário pra botar fogo no debate.

Como se pudéssemos escolher à vontade quem vai tirar a roupa, cada um sempre tem um bom pitaco para um ensaio particularmente interessante nas páginas da revista – e nos sites testosteronicamente avantajados.

campanha.playboy.orkut

O TRETA, que apesar de não ser exatamente um blog adolescente não pode negar as origens onanistas, caprichou no tiro: escolhemos uma linda e glamurosa blogueira do Rio Grande do Sul, cuja simpatia já havia conquistado há muito os expoentes da blogosfera.

Bradamos aos ventos: queremos Dani Koetz na Playboy!

Ela é blogueira, bonita, inteligente e representaria a nossa “categoria” com muita dignidade no seio do imaginário masculino mão-peluda.

Dito e feito. Milhares de jovens onanistas se filiaram à campanha e outros blogueiros decidiram por bem indicar suas próprias candidatas, mas ainda seguindo a nossa linha de raciocínio. A campanha despertou a curiosidade dos grandes portais e alguns começaram a se perguntar “o que que a blogueira tem?”.

blogueiras.playboy

Mais uma vez, uma idéia do TRETA deu o que falar. Bem ou mal, o bafafá que hoje é tido como candidato a “pior momento da blogosfera” do Best Blogs Brazil (não deixe de votar também nessa categoria para conquistarmos a tríplice coroa do concurso), agitou o mercado de peladas em potencial e despertou a curiosidade de alguns publicitários visionários.

Pois bem. Já emocionados com tanta receptividade às nossas idéias, a emoção tomou conta quando ficamos sabendo da própria Dani que o sonho poderia de certa forma se tornar realidade. Nos mantivemos em silêncio por razões contratuais, mas os atentos arapongas da Revista Papo de Homem alardearam ao mundo que o hype das blogueiras na Playboy ia terminar com um final feliz.

blogueiras.playboy2

A Playboy de dezembro, com a espetacular Juliana Knust na capa, virá acompanhada de um maroto calendário 2008 de beldades patrocinado pela AXE, dentre elas três das mais belas moças envolvidas no meme da nudez blogueira: a própria Dani Koetz, a gatíssima Marina Santa Helena, e a estonteante Míriam Bottan.

Uma jogada de marketing declaradamente dedicada a abocanhar a simpatia dessa efervecente blogosfera, também conhecida como “macacada reunida”.

Ainda que em poses não tão provocantes e trajes não tão sumários quanto gostariam os mais ávidos onanistas, podemos dizer orgulhosos que ajudamos a emplacar uma pelada na Playboy. Taí o tipo de coisa de que vou me orgulhar por um bom tempo.

Como eu disse, o Super Trunfo Blogs virou um baralho de verdade. O Kibe Loco aprendeu a linkar. E agora a Dani Koetz vai sair na Playboy…

Pois é. Do jeito que a coisa anda, se mesmo com um longo período de inatividade a gente conseguiu alcançar um a um os objetivos a que nos propusemos, os próximos dois anos do TRETA serão do balaco-baco.

logo.treta.antiga

Acalmem vossas periquitas. Não se esbaforem na inquietação sobre as coisas que ficamos devendo publicar, como o resultado da promoção “Coma a Moqueca do Ivo Neuman”. Estamos botando ordem
na casa, definindo rumos editoriais e negociando propostas comerciais que podem vir a revolucionar toda essa bagaça.

E enquanto isso não vamos deixar os nossos leitores na mão! Muita coisa ainda está por vir e nossa crescente média de visitantes diários nos dá a entender que vocês estão pagando pra ver outra baderna.

Enquanto ainda houver um único desocupado acessando nossas páginas, existirá em nós o desejo de fazer um blog diferente. Nem melhor, nem pior. Simplesmente um blog que não falta à sua autêntica proposta vocacional: ser uma homenagem à gambiarra lifestyle do povo brasileiro.

Eis nossa missão.

Obrigado pelos últimos dois anos e fiquem à vontade pra permanecer por mais alguns. De preferência, traga cerveja.

Paz do Senhor!