Felipinho

Provavelmente por desconhecer esta técnica muito mais efetiva para lidar com vizinhos barulhentos, uma mulher processou um grupo de estudantes universitários moradores de uma república em São Carlos (SP) por perturbação da ordem e sossego público.

Como de fato a república universitária em questão não devia ser das mais silenciosas, a reclamante obteve decisão favorável da Justiça e os jovens foram obrigados a se mudar para outro lugar dentro de um prazo estabelecido.

Só que os futuros ex-moradores da república decidiram se vingar de uma forma criativa… Um dos estudantes era também produtor musical, e transformou uma mensagem de áudio da vizinha reclamando do barulho em uma música “barulhenta”, que ficou tocando em loop no último volume na casa até o dia da mudança.

Confira esta obra de arte vingativa:

Particularmente eu considero essa história quase triste, porque já estive dos dois lados da briga e hoje confesso que estou mais pro vizinho que adora um silêncio… Ainda mais que, pelos áudios, a mulher foi extremamente educada.

 

Via.