Sucesso nos parques de diversões e circos do passado (e ainda presente em muitos deles), é praticamente impossível se colocar diante de um daqueles espelhos especiais que distorcem o reflexo das pessoas sem parecer totalmente maluco. A graça de ver a própria imagem em posições e caricaturas de formatos inéditos parece só perder pra graça de quem assiste a essa ridícula cena, claro.

maxresdefaulth

Felizmente, a tecnologia nos trouxe diversão semelhante na forma de softwares como o Photo Booth, que gravam a imagem da webcam com efeitos e distorções muito semelhantes aos famosos espelhos “mágicos” de outrora. E, mais felizmente ainda, tem sempre alguém que acaba jogando o resultado na rede:

 

A mocinha do vídeo acima fez o maior sucesso na internet com suas caretas digitais e acabou virando um exemplo clássico de como todos nós podemos ser meio retardados, lá no fundo. Se resta dúvidas, experimente assistir ao vídeo sem os efeitos especiais:

 

Acha que é um caso isolado? Bobeira dessa moça? Acho que não, heim…

 

 

Com a novidade se espalhando por aí, a criançada também já descobriu como ser estranho pode ser divertido:

 

E se você está achando que isso é brincadeira de criança, saiba que mesmo depois de crescidinhos, a infância ainda se manifesta nesses humanos…

 

Como diz o ditado, casal que é retardado junto, permanece junto:

 

Claro que também temos uma versão brasileira dessa zoeira sem limites:

 

 

Será que o público da terceira idade poderia se divertir com uma besteira dessas?

 

A zoeira na webcam pegou tão bem com esse público, digamos assim, mais experiente, que já ganhou até uma compilação na web:

 

O fato é mesmo uma brincadeira boba como essa pode garantuir diversão pra todas as idades:

 

E pensar que tem gente rindo aí que fica mais bonita distorcida…


 

2 comentários