Apesar de parecer totalmente apelativo colocar uma jovem bem apessoada em um pequenino biquíni para receber um disparo de taser – e é mesmo – os responsáveis pela experiência “eletrizante” afirmam que a causa é nobre. Cada um dos presentes teria pagado R$ 100 de ingresso para assistir à cena, e a receita do espetáculo toda revertida para caridade:


 

Espero que a moda pegue durante as manifestações da Copa.

– – –

Dica da linda da Sanseverini.


 

15 comentários