Felipinho

Como se não bastasse explodir e chacinar inocentes sob pretexto de uma causa religiosa, o grupo terrorista iraniano Hezbollah anunciou que pretende diversificar seus negócios, adquirindo o poderoso clube de futebol inglês Manchester United.

“Depois que comprarmos o Manchester United, vamos trocar seu nome para Khaybar” – diz Mohammad Bagher Kharrazi, secretário-geral do Hezbollah, em declaração publicada pelo tablóide inglês The Sun.

Khaybar fica próximo à cidade sagrada muçulmana de Medina, e foi o local onde Maomé e seus seguidores derrotaram os judeus em 629 d.C.

Um porta-voz do Manchester United negou o interesse do Hezbollah em comprar o clube.

(Fonte: Gazeta On Line)