No Espírito Santo, como em qualquer outro lugar, jovens têm o hábito de cair na gandaia vez ou outra, para descontrair da rotina estafante de trabalho e movimentar suas vidas sociais, afetivas, sexuais e etílicas. O problema é quando bêbados alcoolizados decidem colocar a minha e a sua vida em risco voltando pra casa ao volante. Confira:

Se beber, não dirija. Afinal, não existem provas da existência de álcool no paraíso.

Nem no inferno.

– – –

Dica do chapa Marcelo Ferraz, um cara ligado no trânsito e nas mídias sociais.


 

2 comentários