ivo.entrevista2

Com o crescimento da blogosfera deu-se início a um debate inflamado que procura antagonizar jornalistas e blogueiros, como se fossem concorrentes comerciais e inimigos ideológicos extremos desde a infância.

Chorumelas e choramingos à parte, observo toda a aura mítica envolta neste embate com grande perplexidade. Não vejo como seria possível confundir a missão de um jornalista com a atividade de um blogueiro e não vou entrar no mérito de um bate-boca ainda mais imbecilóide que o próprio conteúdo deste blog. O que me leva a redigir estas linhas simiescas vem a ser unicamente – e ironicamente – a enorme importância dada pela maioria dos blogueiros quando sai uma nota sobre blogs no jornal.

O TRETA já deu as caras na “mídia tradicional” em algumas ocasiões em que certamente pegaram o editor-chefe distraído. Salvo raras exceções, acontece num momento de profundo vazio editorial quando um jornalista mais ousado se dá ao trabalho de escrever alguma coisa superficial sobre um tema ainda mais superficial para preencher as lacunas da pauta.

Mas como blogueiro que é blogueiro tem um ego bem desenvolvido e se deslumbra com qualquer coisa, a gente bem que gosta. Dar entrevistas, tirar fotos sensuais, e – principalmente – ver o URL do seu site escrito corretamente (!) nas páginas de um impresso de grande circulação faz a gente se sentir um ex-participante de reality show em seus 15 segundos de fama.

A melhor parte dessa história é que fica bem mais fácil de convencer os digitalmente não-incluídos de que você não fica enfurnado em frente ao computador jogando Counter Strike e futucando o Orkut alheio o dia todo.

Mas enquanto campanha de mídia, não se enganem, qualquer aparição na capa do Ueba rende muito mais acessos que uma matéria de página inteira no jornal de maior circulação do seu estado.

E ao me deparar com a constatação acima, reflito mais uma vez sobre toda a diferença que faz, nos dias de hoje, conectar informação e conteúdo na forma singela e conveniente de um link.
 

(*) Agradecimentos especiais à jornalista Tatiana Wuo pela competência e gentileza irretocáveis na produção da reportagem sobre o BlogCampES