4454544452-600x442

Tenho uma preocupação. Na maioria das vezes as pessoas civilizadas são ocupadas pelo trabalho. No tempo livre, descansam para enfrentar a próxima semana. Eles não têm tempo para trabalhar em outras coisas, como parar a civilização. Não há tanto dinheiro para ser gasto neste projeto também. Em compensação, as pessoas que trabalham para o crescimento das cidades e a exploração da vida selvagem estão trabalhando em tempo integral e são generosamente recompensados.

Talvez essa seja a razão por que os ativistas estão lutando basicamente na defensiva, simplesmente porque não conseguem acompanhar. Eles também têm de ganhar a vida no sistema para poder sobreviver. Isso significa que eles só podem estar trabalhando contra no intervalo do jogo do sistema. Então, primeiro eles contribuem e só então eles protestam.

A ciência da comunicação também mostra que as pessoas estão menos receptivos a mensagens que contradizem a sua visão de mundo e sua imagem. Então, se encaixam em suas comunidades sociais e negligenciam ideias que os façam mudar.

imagem-para-facebook-topo-14

Assim, muitas pessoas se preocupam mais com como elas são percebidas do que está realmente ameaçando-as.

Medo. É o que impede muitas pessoas de lutar. Medo de perder os privilégios. Medo de ser preso. Medo da repressão. Medo de morrer. Medo de ser o cara mau. Medo de fazer a coisa errada. Quando o medo de que tudo continue como está te assustar mais que qualquer outra coisa você vai estar pronto para resistir.

Há infinitas maneiras de se rebelar. Até agora as pessoas não foram capazes de desviar o barco completamente. Por isso temos de tentar de tudo, mesmo as coisas que não tenham sido tentadas antes. Nós não devemos ter medo de experimentar, porque um pequeno contratempo é melhor do que o fracasso.

POST6

Falhar não é uma opção.

– – –

Preocupação do amigo Rodrigo Fortak.


 

4 comentários