fora-do-ar

Não. Nós não tivemos nossa redação invadida pelo Bope, não nos envolvemos com o escândalo Wikileaks, não fechamos o site nem tampouco subimos no telhado. O TRETA deixou cerca de 50 mil leitores órfãos ao longo da última semana sem dar qualquer satisfação por questões meramente legais.

Como vocês bem sabem, estabilidade técnica nunca foi o forte deste blog. Pois mal superamos um inesperado problema no registro de nosso domínio e já nos vimos obrigados a mais uma vez amargar o desespero de ficar com o site fora do ar. A boa notícia é que esta provavelmente deve ter sido a última vez que isso acontecerá conosco. Explico.

Há uma semana, nosso blog foi vítima de um vírus idiota singelamente instalado em um dos arquivos do WordPress, agravado por outras instabilidades cósmicas preexistentes em nosso sistema, que nos fizeram optar por migrar definitivamente o blog para um novo host.

Tudo não seria mais que um percalço se nós não tivéssemos descoberto que perante o UOL Host, nosso servidor de hospedagem “reserva”, o domínio treta.com.br pertence a outro usuário, que o teria cadastrado primeiro – mesmo sem possuir qualquer autoridade sobre o nosso domínio perante o Registro.br. Apesar de todas as evidências em evidência, nem abrindo dezenas de ocorrências, passando 2h ao telefone com o suporte técnico ou xingando muito no Twitter, os malditos se dispuseram a resolver o problema.

Cansados dos atendimentos estúpidos que infelizmente são característicos dos serviços de hospedagem (mal) prestados pelas empresas do ramo, decidimos finalmente atracar nosso veículo de comunicação independente em um Porto Fácil.

Estamos agora em um servidor dedicado, exclusivamente gerenciado para proporcionar a melhor experiência possível para nossa querida audiência. Uma nova estrutura para alicerçar uma nova rede de conteúdo que está por vir em 2011 junto com o nosso layout 6.0.

Quem viver… Será!?


 

9 comentários