NEVER HIDE

The Order of Never Hide, ou em tradução livre "A Ordem dos Que Nunca se Escondem", é uma sociedade nada secreta que existe desde os mais antigos tempos – identificada pelos mais diversos nomes.

A grande ironia da História é a existência de uma enorme quantidade de lendas e rumores envolvendo ordens misteriosas como os Templários, os Iluminatti, a Opus Dei e a maçonaria, quando na realidade os verdadeiros responsáveis pelo curso da civilização nunca fizeram muita questão de se esconder

"Artistas", "rebeldes", "vanguardistas", "agitadores", "revolucionários", chamem como quiser. O fato é que os maiores agentes transformadores de todas as sociedades jamais conquistariam seus feitos se não ousassem exibir seus ideais.

Desde as antigas canções em ode aos heróis de guerra do passado até os avançados sistemas de comunicação da atualidade, os vencedores costumam ser aqueles que possuem a coragem de não se esconder e (muitas vezes literalmente) "dão a cara a tapa".

Esse diversificado grupo, que se rotula única e exclusivamente pela atitude, pode ser facilmente identificado nos dias de hoje – ainda que muitos de seus excêntricos membros nem saibam que fazem parte de um movimento.

Para reconhecer e reunir quem segue essa filosofia de vida escancarada, a Ray Ban lançou um ritual de iniciação online da Ordem de Never Hide, onde você deve enfrentar 5 desafios (simples, para quem "manja dos paranauês") antes de ser considerado membro oficial – e fazer por merecer todas as regalias do posto, como uma viagem luxuosa com tudo pago para o evento épico exclusivo de apresentação dos novos membros em Londres!

E como eu sou muito gente boa entusiasta do movimento, mostrarei abaixo o que é preciso para triunfar gloriosamente em todos os desafios do site:

1. Nervos de titânio

Entrando no jogo com os dois pés na porta, fui direto cumprir a prova que parecia mais cabulosa: assistir a vídeos sinistros e angustiantes enquanto a webcam registra suas reações. Confesso que muitos anos de tai chi chuan e internet banda larga me ajudaram a manter a austeridade frente a imagens tão horripilantes…

Nem mesmo distrações externas como a cueca do amigo @OsProfanos foram capazes de abalar minha absoluta concentração.
 

2. Lábia de veludo

Seguindo minha jornada para mostrar-me à altura da confraria, o próximo desafio envolvia parcimônia e sagacidade na arte da sedução: conversar pela webcam com uma gata (ou um gato) virtual. Apesar de não ter o calor e a sinestesia de uma situação real, é a hora de mostrar que você é capaz de conduzir um bom papo sem vacilar.

"Conhece aquela das mil e uma noites, princesa?"
 

3. Segredos expostos

Até mesmo o mais seguro dos indivíduos pode eventualmente guardar alguns segredos, mas a honradez de seus atos deve resistir a qualquer revelação. Como no polêmico aplicativo Secret, que tem inflamado discussões nas últimas semanas, este desafio consiste em fazer uma confissão por escrito.

Como vovó já dizia…
 

4. Intimidade camuflada

O penúltimo desafio representa uma ruptura com os pudores caretas da sociedade. Simbolizando a subversão dos parâmetros determinados por uma tradição ancestral, aparecer em uma foto ou vídeo em roupas íntimas pode ser emblemático e libertador. Como além de tudo prezo pela integridade física e saúde mental dos leitores do TRETA, decidi preservar a humanidade de uma magnética e escandalosa seminudez de minha parte e pedi ajuda à namorada, mais acostumada aos #LingerieDay da vida.

Nada como ter uma dublê de corpo em casa.
 

5. Fonte de inspiração

O desafio que reservei para o final pode ser considerado o mais importante no sentido de resumir os mais valorosos princípios de força e moral em uma imagem que represente seu ideal máximo de heroísmo e virtude. Uma singela homenagem aos nossos mais relevantes ícones de bravura, excelência e formidabilidade.

Chuck Norris, who? Ninguém é páreo para o Pescador Parrudo.
 

Viu como adentrar um seleto clube pode ser mais simples do que você imagina?

NEVER HIDE

Chega de se esconder na obscuridade!! O extraordinário não pode permanecer oculto.

CLIQUE AQUI para encarar o destino de frente e superar os desafios de #NeverHide!


 

2 comentários