Felipinho

 


 

O que você faria se ganhasse na loteria? Devaneios e paradigmas hipotéticos de felicidade são extremamente pessoais e eu me relaciono tão bem com pessoas que sonham com uma singela aposentadoria na fazenda quanto com aqueles que torrariam toda a grana em orgias hedonistas apoteóticas. Agnóstico convicto que sou, como sempre, fico no meio termo.

Quando penso num referencial de felicidade absoluta e plena, um momento mágico que denotasse a satisfação de um objetivo de vida, se pudesse escolher o cenário perfeito, certamente estaria na Ucrânia. E quando digo isto a alguém, sempre tenho que explicar do que estou falando: a KaZantip.

Pra quem não conhece, o festival de musica eletrônica de 22 dias no âmago psicodélico do Leste Europeu pode ser muito bem apresentado por algumas imagens sorrateiras:

foto03

foto15

foto09

foto02

foto06

foto17

foto18

 foto16

foto13

foto11

foto07

foto19

Acho que depois da Ucrânia eu poderia dar por concluída minha missão neste planeta. Poderia até me casar em Bali e ir tentar a vida em Brasília.

– – –

Dedicado a Victor Lee, Gus Fune e outros caras que falam o meu idioma