Plug

Comemorar na blogosfera é doce mas pode ser chocante.
 

Há exatamente 6 anos atrás eu já havia registrado o domínio www.treta.com.br, feito nossa primeira logo – em homenagem ao finado gato Sansão – e estávamos configurando o nosso primeiro template, no Blogspot, para então começarmos as nossas atividades, já basicamente com a mesma missão, proposta editorial e a mesma estrutura de seções que mantivemos até hoje (em caso de dúvidas, consulte nosso FAQ, escrito em 2005).

logo.treta.antiga

Nossa bandeira é uma ode à malandragem felina.
 

Naquela época eu acreditava que quanto mais ácido e cru pudesse ser um blog, tanto maior seriam a fidelidade do público e o reconhecimento geral, mas logo percebemos que o buraco era mais embaixo, e que tentar equilibrar-se na linha tênue que divide o underground e o mainstream é uma fina arte dominada por poucos. Enquanto navegamos rumo à superfície, contudo, muitas coisas bacanas estão acontecendo.

Recapitulando: ano passado, após a comemoração de aniverário mais épica de nossa curta história (cujo extenso material videográfico ainda não foi publicado), fechamos a temporada 2010 com toda ordem de zica nos rodeando, mas já deixando resolvidos nossos problemas de hospedagem, ataques e vírus com um servidor dedicado (que posteriormente seria trocado pelo atual sistema de nuvens) e contabilizando a honra de ter publicado o post mais acessado do ano em toda a blogosfera brasileira.

DSC00728

@ivoneuman, @justplay e @tatalluga mostrando que quem tá na chuva é pra se molhar.
 

Analisando friamente, embora a sensação térmica é de que tenha durado pouco mais de uma semana, o ano de 2011 foi especialmente generoso para com o TRETA. Mesmo que ainda não tenhamos desfrutado da estrutura e tempo livre necessários para desenvolver um trabalho minimamente decente para o deleite de nossos queridos e fiéis leitores, os membros da equipe TRETA se articularam ao longo do ano para dar aquela movimentada na web que só o seu blog favorito sabe dar e seguem na perspectiva de um futuro melhor, repleto de glória, dinheiro não declarado ao fisco e gêmeas suecas besuntadas de Nutella.

Começou no YouPix de abril passado, quando lançamos os exclusivíssimos brinquedos da TRETA Toys e mostramos mais uma vez quem dá as cartas na blogosfera. Após firmadas as negociações numa madrugada de outono nos bastidores da boate Love Story entre alguns dos maiores empresários, entusiastas e articulistas da internet brasileira, nosso blog e nossos projetos paralelos finalmente viriam a tomar o rumo que desejávamos, mesmo que ainda na surdina.

DSCF0019

O sucesso de um empreendimento cibernético depende das pessoas por trás dele.
 

É provável que a imensa maioria dos leitores sequer tenha percebido, mas estivemos implementando algumas pequenas mudanças no site para preparar o terreno para uma grande virada em nossa vida editorial. Além de resolvermos em definitivo nossos problemas com hospedagem, corrigimos alguns bugs do nosso sistema, restauramos as imagens de posts antigos em nossos arquivos e seções, implementamos algumas modificações para tornar nosso tema atual mais limpo e agradável e, por fim, migramos a nossa plataforma de comentários para o Facebook, uma medida de certa forma radical, mas necessária para tornar mais justos os “debates” em torno de cada artigo que publicamos aqui no blog.

Como nós já prometemos mudanças anteriormente, é provável também que poucos acreditem no que vou dizer, mas nos próximos dias, meus amigos, ninguém vai ser capaz de segurar este blog. E se outrora nossos anúncios eram baseados quase exclusivamente na nossa mera vontade de levantar isso aqui, agora temos a certeza de que (quase) tudo vai mudar.

?

O texto abaixo contém SPOILERS.
 

Senhoras e senhores leitores do TRETA, é com imenso prazer e comovida satisfação que vos anuncio em primeiríssima mão a grande revolução que está sendo arquitetada nos bastidores da blogosfera.

Inspirados por fenômenos recentes como o Wikileaks, o cyber-ativismo da rede Anonymous e a onda crescente de movimentos sociais organizados pela internet, alguns dos nomes por detrás dos maiores blogs brasileiros (por enquanto não estou autorizado a citá-los) decidiram colocar a mão na massa e testar os limites da jurisdição oficial pátria sobre a grande rede mundial. Trocando em miúdos: a rapaziada finalmente se deu conta do poder da internet e vai se organizar pra fazer barulho – muito mais barulho do que de costume.

299744_2614631610014_1381771630_33005605_1847152499_n

“Prepare your anus!”
 

E agora, meus amigos, a bagunça está sendo muito bem assessorada – por mim mesmo, claro! Eu abandonei minha “carreira profissional séria” no Espírito Santo e parti rumo à pauliceia desvairada para cuidar exclusivamente e em tempo integral deste empreendimento megalomaníaco de proporções apoteóticas que está para ser lançado com estardalhaço junto dos primeiros raios de sol do próximo e apocalíptico ano de 2012.

Um empreendimento que vai transformar o TRETA e alguns outros de seus blogs favoritos num bloco mais compacto que a União Europeia e mais belicoso que o Comando Vermelho. Uma rede inovadora e inédita de proporções épicas, nababescas e colossais, enfim, como nunca dantes na história deste país.

E o que você tem a ver com isso?

io6x6

Você também pode ser TRETA.
 

Acredito que todos já perceberam a importância da independência editorial para que os veículos da informação na rede permaneçam distantes dos “grandes interesses” que sempre mantiveram as coisas como são através da mídia tradicional. A internet está há muito tempo mudando a dimensão e o fluxo das informações, apesar do poder reacionário, e cada um que alimenta um perfil numa rede social, compartilha seus conteúdos favoritos ou algo do tipo, já faz parte deste sistema.
 


 

Nós precisamos que vocês continuem por aqui, nos prestigiando a cada curtida, tuitada ou mesmo uma pedrada cruel deixada nos comentários – principalmente agora com o novo sistema. Precisamos que vocês continuem mostrando o blog pra família e pros amigos, mesmo que de volta eles te mostrem apresentações de Power Point; que vocês continuem morcegando no expediente enquanto navegam por nossas páginas, mesmo correndo o risco de perder o emprego ao ser visto em um site pornográfico sobre drogas; enfim, que vocês continuem seguindo e retuitando as besteiras que o @treta diz, movimentando nossa fanpage e enviando coisas legais para publicarmos por email.

Em troca nós prometemos o de sempre (com um plus a mais adicional): trivialidades boçais para distrair a mente das agruras do cotidiano, informação diferenciada para mudar a maneira de pensar certas questões da vida, transparência integral dos nossos objetivos e dilemas editoriais e, claro, travessuras e peripécias para bagunçar o coreto.

Fica combinado assim.

A Paz do Senhor!