•  
  •  
  •  
  •  

Se você já zerou o Tinder e ainda não arrumou ninguém, conheça nada menos do que 25 aplicativos de pegação, sexo e namoro para você desencalhar de vez!

 

Os aplicativos de pegação e namoro viraram um fenômeno mundial desde a época em que eram chamados de “sites de relacionamentos”. De lá pra cá, milhões de pessoas acessam diariamente esse tipo de plataforma online, seja procurando por relações sérias e duradouras, seja atrás do mais descompromissado sexo casual.

O primeiro app do tipo a se popularizar mundialmente foi o Tinder, mas hoje em dia já é possível explorar muitos outros “catálogos” em diferentes serviços de cupido tecnológico.

 

Assim como o pioneiro, a maioria desses aplicativos utilizam sua geolocalização, e os contatos do seu telefone ou redes sociais para organizar as opções de “candidatos” e “candidatas” disponíveis, mas alguns apps da nossa lista trazem outros critérios – e outras propostas – diferenciados!

Quer descobrir novos aplicativos de sexo e pegação? Então segura essa lista que vem a seguir…

 

Sem mais delongas:

 

Tinder

Criado em 2012, o app ultrapassou a barreira de 100 milhões de usuários em mundo todo, sendo cerca de 10% de brasileiros e brasileiras. Depois de você criar seu perfil, com até seis fotos, e escolher se prefere homens, mulheres ou ambos, as fotos dos usuários mais próximos à sua geolocalização começam a aparecer na tela, cabendo a você deslizar o dedo para a esquerda ou para direita – indicando se você “pegaria” ou não aquela pessoa. Quando o sentimento é recíproco e correspondido, ambos são notificados do “match” e podem começar a conversar para se conhecer melhor no chat do aplicativo.

Para muitos, um dos trunfos do Tinder é a conexão com o Facebook, que permite saber quando a pessoa tem amigos e interesses em comum com o usuário, facilitando o meio de campo e indicando um tema para dar o pontapé inicial na conversa.

(iOS Android)

 


 

Happn

Além de explorar mais profundamente o recurso de geolocalização para indicar pessoas que cruzam pelo seu caminho, o Happn inova em relação ao Tinder permitindo que você mande um “charme” para pessoas, mesmo que ela não tenha aprovado o seu perfil. Quem não chora, não mama…

Também é possível, além de fotos, adicionar playlists do Spotify em seu perfil, para você encontrar parceiros com afinidade musical.

(iOS e Android)

 


 

Feeld (3nder)

Já o Feeld (antigo 3nder), conhecido como “Tinder para três”, se diferencia pelo foco no “poliamor”: nele, casais e solteiros podem procurar por interessados em fazer um menáge à trois.

Seja para casais interessados em apimentar a relação, seja para terceiros interessados em participar da brincadeira, o 3nder é indicado para héteros, bi ou homossexuais, bastando configurar seu perfil (de solteiro ou de casal), especificando seus interesses.

(iOS e Android)

 


 

Kickoff

O Kickoff usa dados do Facebook para mostrar apenas amigos ou amigos de amigos, de acordo com características como profissão, religião e escolaridade. Isso porque a proposta do app é promover mais namoros sérios e duradouros do que a simples pegação sem compromisso – tanto que ele é conhecido como “o Tinder do namoro sério”. Outra forma de reforçar essa ideia de seriedade é a quantidade limitada de pessoas exibidas na sua lista: apenas 10 aspirantes a almas gêmeas por dia, pra dar tempo de analisar com calma todas as opções.

De acordo com a própria empresa, essa estratégia aumenta a chance de uma pessoa que o usuário der “sim” se tornar um match em cerca de sete vezes (em comparação com o Tinder).

(iOS e Android)

 


 

OKCupid

Assim como o Kickoff (acima), o objetivo do OkCupid é encontrar pessoas através dos seus amigos e interesses em comum. Mas a triagem é feita de forma um pouco diferente: ao invés de simplesmente conectar dados dos contatos do Facebook, o aplicativo faz diversas perguntas para encontrar os pontos em comum dos usuários.

As perguntas vão desde gostos pessoais e hábitos,  até visões políticas e questões filosóficas. Com as respostas, o algoritmo fornece uma margem percentual do quanto os usuários combinam. Outro diferencial é que não é preciso aguardar um “match” para poder puxar assunto.

(iOS, Android e web)

 


 

Anomo

Como o próprio nome sugere, a grande proposta e diferencial do Anomo é oferecer um ambiente anônimo para que as pessoas possam conversar e se conhecer melhor antes de verem fotos uma da outra. Para isso, os usuários são representados por avatares criados automaticamente com base na sua foto de perfil do Facebook. Além disso, o app ainda propõe publicações em fóruns temáticos e jogos de compatibilidade para quebrar o gelo, liberando aos poucos informações pessoais dos seus interlocutores.

Só que toda essa dinâmica para proporcionar relações “mais profundas” (ou pelo menos “menos superficiais”) pode acabar promovendo mais o surgimento de novas amizades do que namoro ou pegação propriamente ditos. Não é à toa que o aplicativo é conhecido como “Anti-Tinder”…

(iOS e Android)

 


 

Down

Lançado inicialmente como “Bang with friends”, voltado para promover o sexo entre amigos e conhecidos, o aplicativo atualmente sugere como potenciais encontros não apenas contatos do seu Facebook, mas também fora dele. Além disso, o app também traz  artigos e notícias sobre sexo e relacionamentos.

Um diferencial do aplicativo é permitir que você mande mensagens secretas para os contatos do seu telefone.

(iOS Android)

 


 

Grindr

Voltado para homens homossexuais, o Grindr – o “Tinder gay” – tem a vantagem de mostrar quem está online no momento em que o usuário se conecta. Com uma interface semelhante à do Happn, é possível criar uma lista de contatos favoritos, e filtrar os pretendentes por categorias, como “discreto” e “geek”.

Diferentemente do app hétero, aqui o usuário não precisa esperar a aprovação da outra pessoa para iniciar um chat.

(iOs e Android)

 


 

Wapa

Por sua vez, no Wapa, o público-alvo são mulheres homossexuais, que encontram um ambiente teoricamente seguro para elas poderem marcar encontros e se conhecer melhor. O nome do app faz uma brincadeira com a palavra “guapa” (“bonita”, em espanhol) e sua interface é muito parecida com a do Grindr, mostrando uma página inicial com várias pretendentes, suas fotos e distâncias.

O aplicativo também informa quem visualizou seu perfil e conta com um modo “não perturbe”, que desativa as notificações e oculta seu perfil da rede principal toda vez que um encontro virar um relacionamento sério.

(iOS e Android)

 


 

Par Perfeito

Um dos sites de relacionamentos mais antigos e populares do Brasil, o Par Perfeito tem mais de 30 milhões de usuários cadastrados, que podem filtrar suas buscas por informações como idade, altura e religião, visando uma maior compatibilidade física, psicológica e profissional.

(iOS, Android e web)

 


 

 

Badoo

Outra opção tradicional de site de relacionamento, o Badoo existe desde antes do lançamento do Tinder, tendo passado por uma série de mudanças na plataforma desde então.

(iOS, Android e web)

 


 

Lovoo

Além do serviço de geolocalização, que aparece na tela na forma de um “radar” das opções nos arredores, aqui os usuários podem filtrar seus interesses através de hashtags, como #balada, #cinema, #videogame etc.

(iOS e Android)

 


 

InMessage

Como o Instagram só permite chat privado entre amigos, o app InMessage (antigo “InstaMessage”) surgiu com a proposta de aproximar os usuários que não seguem um ao outro, permitindo o envio de mensagens privadas. Vai que cola?

(iOS e Android)

 


 

WeChat

O WeChat é um app chinês semelhante ao Whatsapp, porém ele possui um recurso que permite conhecer outras pessoas que estejam por perto.

(iOS, Android e web)

 


 

NowMe

O app brasileiro (apesar do nome gringo) NowMe permite ver a proporção de mulheres e homens em determinados lugares, assim como bater papo com quem estiver a até 500 metros de distância. Ideal para flertar em baladas, bares e festas, é possível fazer check-in nos locais e entrar em uma sala de bate-papo exclusiva para quem está no mesmo lugar.

(iOS e Android)

 


 

Bumble

O diferencial do Bumble é não permitir que os homens comecem a conversa, mesmo quando o match acontece, diminuindo as chances de abordagens inapropriadas e proporcionando um ambiente mais saudável às mulheres.

(iOS e Android)

 


 

69 places

Dedicado aos usuários que têm o fetiche de transar em lugares inusitados, o 69 Places é uma espécie de guia com locais públicos de todo o mundo para fazer sexo. O único perigo é a sua fantasia acabar numa delegacia…

(iOS)

 


 

Once

O app Once possui esse nome porque cada usuário tem apenas uma alternativa de “match” diária. Caso o par não retribua a preferência, o jeito é esperar até o dia seguinte… Ou usar outros apps!

Mais recentemente lançou um recurso que mede seus batimentos cardíacos através de um smartwatch para saber se alguma das opções de paquera mostradas “mexeram com o seu coração”.

(iOS e Android)

 


 

Single Parent Meet

Voltado para pais e mães solteiros e desimpedidos, o apelo do app é ser um facilitador para adultos que não possuem muito tempo disponível para investir na vida amorosa e já se decepcionaram em relações anteriores justamente por causa disso.

(iOS e Android)

 


 

Ashley Madison

O polêmico site de incentivo a “puladas de cerca” alega ter uma elevada percentagem de mulheres à procura de um caso, além de todas as informações protegidas através de um rigoroso mecanismo de segurança, mas sofre acusações de ser uma enganação com o objetivo de arrancar dinheiro de maridos infiéis.

(iOS, Android e web)

 


 

Be2

Com um sistema de busca por compatibilidade, teste de personalidade e algoritmo de parceiro, também tem uma interface intuitiva e moderna.

(iOS e Android)

 


 

Blendr

Mais um app de encontros que usa o serviço de geolocalização do seu celular para encontrar pessoas próximas que compartilham dos mesmos interesses.

(iOS e Android)

 


 

HER

Outro Tinder voltado para o público feminino homossexual (lésbicas), pede login pelo Facebook para se assegurar de que apenas mulheres estão usando a plataforma.

(iOS e Android)

 


 

Bea.rs

Site de encontros gay voltado para os “ursos”, ou seja, os homens peludos. Contém interface simples e até mesmo busca por bairro.

(web)

 


 

Stitch

Um app de relacionamento voltado para a terceira idade, período da vida que pode se tornar muito solitário com a morte de conjugês e afastamento dos filhos crescidos.

(iOS e Android)

 


 

Solteiros 50

Também focado no público senior, acima de 50 anos de idade, à procura de um novo amor.

(iOS e Android)

 


 

Chegou Pegou

Entrou na lista só pelo nome.

(web)

 


 

Only Flirts

Agora que o OnlyFans anunciou que vai proibir conteúdos explícitos na plataforma só restou tentar a sorte no OnlyFlirts…

(web)

 


 

E aí? Será que agora você consegue desencalhar?

 

CLIQUE AQUI para ver mais dicas de sexo e sexualidade do nosso acervo!


  •  
  •  
  •  
  •