Ao contrário do campeonato de futebol, o Desfile das Escolas de Samba do Espírito Santo dá a impressão de ser um evento muito mais organizado e empolgante para o público local. Além do devido apoio governamental, podemos perceber um envolvimento cada vez maior por parte da população, ano após ano.

Apesar de não termos sido convidados, o TRETA enviou um correspondente especial especializado em desfiles de escolas de samba no Rio de Janeiro, que fez suas ponderações críticas. Na opinião deste nosso enviado, as escolas daqui ainda se escondem sob as alegações de que o carnaval capixaba não possui recursos, à exceção da nababesca agremiação de Jucutuquara, quando na verdade demonstram uma certa falta de capricho, e muitas vezes até bom gosto, na preparação dos adereços e alegorias. Nota sete.

O carnaval do ES, contudo, demonstra que está amadurecendo e fincando raízes na esmaecida panela cultural capixaba, e dá a entender que ficará melhor a cada ano.

Fiquem com algumas fotos de mais esta legítima xexela graúda da terra:

4336443771_6205d11c13_o

4336348447_6cace04c1b_o

4337106764_8158172a3a_o

4336447775_da2e32a7d1_o

4337372678_8d848f9759_o

4339131664_1588275d41_o

4336446257_bce2f65eb0_o

Confira aqui todas as fotos que o fera Daigo Matsuoka clicou na avenida.

gratz

A folia no Espírito Santo é Gratz.

 

E não perca a cobertura completa do Panela de Blogs no Carnaval Capixaba 2010!

– – –

Dica da galera sempre atenta do Moquecada.


 

6 comentários