Desde o primeiro plantão da Globo do Whatsapp anunciando o atentado à faca cometido por um tal de Adelio Bispo contra o então candidato a presidente Jair Messias Bolsonaro, toda a conveniência e circunstâncias da história pareciam muito suspeitas.

Como as paranoias e teorias de conspiração abundam na internet, ninguém minimamente razoável poderia acreditar num enredo que descredibilizasse a polícia- e os médicos de um renomado hospital. Culpar a vítima é tão 2017…

Além do mais, não obstante qualquer especulação sobre o quanto a facada foi decisiva na campanha eleitoral, tudo indica que o resultado das eleições se deve muito mais aos disparos ilegais de mensagens no WhatsApp, principalmente as famosas fake news – com direito a kit gay e mamadeira de piroca.

Mas chegou sangue novo pra alimentar a pulga que habita atrás da orelha de cada cidadão brasileiro com cara de tacho ante aos primeiros dias do desastroso governo Bolsonaro! Um documentário traz uma interessante análise dos fatos, imagens e informações que envolvem o atentado:

 

Após a publicação do documentário, um novo vídeo foi lançado, trazendo novas interpretações: