Antes de tudo este blog é contra a hipocrisia. Por mais que os discursos que tentam desassociar a cultura da música eletrônica com o uso de substâncias entorpecentes estejam cobertos de razão, uma boa música dispensa drogas, mas uma boa droga não dispensa músicas adequadas para embalar a viagem. Estreando nosso programa de redução de danos, trazemos o primeiro “Guia TRETA.COM.BR Contra a Bad Trip” para ajudar eventuais usuários a não sofrerem reações adversas devido a uma má escolha de trilha sonora.

O aviso, apesar de óbvio, se faz necessário: o objetivo deste post não é fazer apologia a qualquer entorpecente, mas tão somente tentar descobrir que tipo de som pode ser mais propício para cada onda:

CLIQUE AQUI para conferir a Parte 2!

– – –

Inspirado nas conversas que rolam na sala do TRETA no Plug.dj.


 

69 comentários