Os conservadores e caretas em geral podem até oferecer alguma resistência, mas o fato é que nos dias atuais em que todos os seres humanos de qualquer lugar do planeta estão conectados de alguma forma o sexo virtual é uma realidade cada vez mais disseminada.

Sexo verbal não faz seu estilo? Para quem tem dificuldade em escrever com apenas uma das mãos, e não só eles, felizmente inventaram a tecnologia de transmissão de imagem em tempo real. Quem nunca fez uma sacanagem na webcam que atire a primeira pedra (ou vá tomar o remedinho para reumatismo e osteoporose).

Se num passado distante a pornografia era acessada exclusivamente através de revistas e vídeos proibidos (que sempre deviam ser devidamente escondidos), hoje em dia os jovens de todas as idades desfrutam de um vasto acervo de imagens e vídeos para a prática onanista masturbatória. Mas decerto a mais avançada das ferramentas tecnológicas psicoativas para incrementar uma punheta é o sexo na webcam.

Além da intimidade real compartilhada em tempo idem, a distância geográfica permite que o indivíduo exercite as potencialidades de suas fantasias eróticas. No aconchego do lar.

Mas é óbvio que a prioridade pra tentar dividir qualquer intimidade na internet é a segurança. Não confie em qualquer pessoa desconhecida para sair mostrando o que você é capaz de fazer sem roupas. A não ser que não ligue de circular pelos grupos de WhatsApp do país.

Fazer sexo pela internet é uma forma muito utilizada por casais que namoram a distância pra matar as saudades e incrementar o relacionamento (e demarcar território). Casais que ainda não se conheceram também podem providenciar um test drive pela webcam, evitando riscos e decepções geométricas.

Em todos os casos a dica é fazer sexo online exclusivamente com alguém confiável.

Quem curte sexo virtual só pra turbinar o momento da masturbação, geralmente se arrisca por aí caçando homens e mulheres aleatórios pela internet – o que pode ocasionar muitos constrangimentos futuros.

Felizmente existem sites especializados em proporcionar essa experiência, com um belo cast de strippers virtuais selecionadas com atenção. O Câmera Privê, um dos maiores sites do gênero no Brasil tem um catálogo de modelos espetaculares de mulheres, além de gays e travestis.

Se você não quer ter dor de cabeça nem trabalho pra encontrar uma garota na webcam, vai direto pela entrada VIP!

– – –

Em caso de dúvidas, chamem o @CameraPrive no Twitter.


 

1 comentário