Felipinho

Em meados de setembro do ano passado a internet capixaba ficou órfã. Sem dar qualquer satisfação aos seus mais de 2.000 visitantes diários o site www.treta.com.br saiu do ar misteriosamente. E o mistério perdura até hoje.

O que terá acontecido com o blog mais polêmico do Espírito Santo? Queda de servidor? Interdição judicial? Crise de consciência? Surto psicótico? Podemos dizer que rolou um pouco de cada. Sem mais delongas, viemos a público pedir nossas mais sinceras apologias pelo sumiço brusco e injustificado do site. Basta dizer que a vida de blogueiro não é fácil no Brasil. Quiçá no Espírito Santo.

De mais a mais, o período de ostracismo serviu para que as mentes astutas por trás desta bagaça curtissem férias prolongadas na beira da praia reformulassem todo o projeto TRETA de dominação mundial e preparassem um site novinho em folha para nossos queridos e idolatrados internautas. Taí, na tela do seu computador o novíssimo TRETA, versão 4.0 BETA (ainda faltam alguns ajustes e melhorias aqui e ali), com mais de 200.000 visitantes individuais diários no currículo e a partir de agora com conteúdo inédito e atualização diária. Ou quase.

Se você está chegando agora pela primeira vez, clique aqui para conhecer melhor o que é e como funciona o TRETA. E não deixe de dar uma geral nas postagens antigas republicadas do nosso arquivo (ao lado).

E, “mais do que nunca” (momento Faustão), o TRETA é um projeto em desenvolvimento, absolutamente aberto para a sua contribuição. Use-nos e abuse-nos para divulgar suas idéias, links, textos, fotos, vídeos, eventos, peitos, etc. Basta entrar em contato.

Alea jacta est.